Licor de Cacau

Licor de Cacau - 2ª Temporada - #3 Escrito e dirigido por Quentin Tarantino

maio 30, 2018Cacau dos Santos

Imagem: Miramax

1) Sobre fundo preto surgem, em letras brancas, sucessivamente, as seguintes frases:

 AVISO: ...AAAAAH, vocês já sabem que aqui só tem zoeira! 

(2) As frases desaparecem em fade e surge a primeira cena


MÚSICA DE CENA: 


Está nevando.

Meu macacão amarelo está encharcado de sangue. Sangue das outras periguetes que tive de matar, uma por uma (88 pra ser mais exata), para poder chegar até ele.

Ele está diante de mim, usando um kimono todo branco e com um broche da Hello Kitty preso do lado esquerdo do peito. Ostenta um belo Coque Samurai e uma barba à la Lenhador Cult, e está com aquele ar sexy debochado e fica claro como água que está achando graça da raiva que carrego dentro de mim.

Ele tira as sandálias Havaianas brancas que está usando e lentamente vai se aproximando de mim e a cada passo dado eu vou bufando mais alto de raiva! Com a mão direita eu seguro bem forte a minha espada Hattori Hanzo e logo me posiciono para o confronto.

Ao me ver pronta para a luta, ele para, me lança outra risada de deboche, se agacha e faz uma reverência a minha pessoa como quem quis "Estou pronto para o confronto, se bem que isso não deve durar nem 1 minuto e com certeza EU é quem vou ganhar!". Depois se levanta e lentamente retira a sua espada do suporte que estava preso em sua cintura.

Ainda naquele ar exibido, ele mostra a sua arma como se fosse a Taça da Copa. Babaca! Vai ver só...

Ainda na posição de confronto, eu o encaro séria. Serissíma pra ser mais exata. Quero chorar de raiva mas me controlo. Tremo da cabeça aos pés mas faço das tripas coração para me manter firme e forme.

Logo ele também fica no posição de confronto e há aquele silêncio brutal de uns 5 segundos entre nós dois. Só se ouve o barulho da neve que insiste em cair ao nosso redor.

Não resisto e parto para a luta! Dou um, dois, três, quatro golpes de espada! Mas ele revida todos com a maior calma e sem baguçar o penteado. Maldito! Eu aqui toda descabelado, com sangue de periguete melecando meus cachos e ele ali com visual de capa de revista da GQ!

Dou 3 passos para trás e me posiciono novamente para continuar com o confronto. Ele para, sério, me observa por alguns segundos e, dessa vez, quem faz o ataque é ele! Vem pra cima de mim com tudo! Dá um, dois, três, quatro, cinco golpes de espada mas consigo desviar de todos! E num golpe de certeiro(!), eu parto ao meio o suporte de sua espada que estava preso em sua cintura.

Ele fica surpreso e puto ao mesmo tempo. Joga de lado o que sobrou do suporte, me encara com aquela risada sem dentes, de canto de boca, segura firme a sua espada, a aponta pra mim e, com o olhar, me chama para continuar a briga.

Enraivecida até o tutano, me aproximo novamente e o ataco com mais golpes de espada. E entre um golpe e outro, ele me acerta bem nas costas!

Não resisto e vou ao chão morrendo de dor. Ele para, ri, se apoia em sua espada e solta a seguinte frase:
- A tola garota negra gosta de brincar com espadas de Samurais.

Com lágrimas nos olhos (Droga! Fiz de tudo para não chorar mas chorei!), não aguento e revido:
- CALA BOCA SEU FILHO DA PUTA!

E é então que sou despertada da minha fantasia por Johnny, que me dá uma sacolejada nos ombros e pergunta:
- Cacau? Você tá bem?
- Hã? O quê?! - pergunto meio zomza enquanto volto à realidade.
- Tá tudo bem, amiga? Você quer ir embora? Eu vi que você ficou meio incomodada com a presença desse sujeito.
- É Cacau, se você quiser a gente pode ir para outro lugar - diz Fabricia pondo a mão delicamente sobre o meu ombro.
- Não, não. Tá tudo bem - respondo tentando parecer o mais tranquila possível.
- Tem certeza? - pergunta Johnny mais uma vez, me segurando pela cintura.
- Tenho! Tenho sim. Não há motivos para a gente sair daqui por causa de uma única pessoa - digo enquanto olho fixamente para ele.
- Bom, você é quem sabe. Mas a hora que quiser ir... - avisa Johnny.
- Beleza. Valeu gente! - digo com um sorriso fake estampado no rosto.

Eles sabem que estou mentindo e sabem que estou fingindo não me importar quando, na verdade, estou bufando de ódio por dentro. Com tantos Blocos de Carnaval acontecendo na cidade nesse exato momento, ele tinha de vir justamente no qual eu estou! Puta que pariu, é muito azar!

E eis que o inimaginável acontece: o Filho da Puta vem falar comigo!

Aaah não, aaah não... AAAAAH NÃO! Olho para o lado e vejo que Johnny está ali como um rottweiler fiel defendendo seu dono. Olho para o outo lado e vejo Fabricia com sangue no olhos, pronta para lhe enfiar a mão na cara! Olho para trás e lá está Mallu que não está entendendo patavinas do que está acontecendo e nem sabe quem é esse sujeito que está se aproximando de mim.

E eis que ele chega e para bem na minha frente. E com a cara mais deslavada do mundo, tem a audácia de me comprimentar como se nada tivesse acontecido:
- Oi Camila.
- Caio de Alexandre... quanto tempo, não é mesmo?

Maldito seja esse Filho da Puta da Tijuca!



LICOR DE CACAU
SEGUNDA TEMPORADA

MÚSICA DE ABERTURA:


EPISÓDIO 3 – Escrito e dirigido por Quentin Tarantino
Escrito por: Cacau dos Santos

3 DIAS ANTES 

4 de fevereiro de 2018
10h20 am
Praia do Flamengo, Posto 1

Qual a melhor coisa para curar a ressaca (física e moral)? Banho de mar, claro! Por isso Pedro me trouxe até a praia logo cedo. Melhor ideia ever! OK que pra me tirar da cama foi um perrengue!


FUMACINHA DO FLASH BACK


8h34 am
- Vamos Camila, já deu a hora. Acorda.

- ACORDA A SUA MÃE SEU ARROMBADO DE MERDA PUTA QUE PARIU VAI TE TOMAR NO CU Beibe Beibe Do Beibe do Biruleibe Leibe!


FIM DA FUMACINHA DO FLASH BACK


É, quer me tirar do sério real? Me acorda sem minha vontade pra ver só o que te acontece?

Mas fico feliz que Pedro tenha insistido e tenha me arrastado da cama e me jogado debaixo do chuveiro e me dado banho de água fria contra a minha vontade e me obrigado a vestir meu Biquini-de-Crochê-da-Angel e ter me arrastado para a praia porque agora que a raiva e o sono passaram, eu tô vendo que essa foi a melhor ideia de todas! Esse banho de mar não só está acabando com minha ressaca e afastando meu cansaço e mal humor como está recarregando minhas energias!

Estamos dentro da água, estou boiando de barriga pra cima e ele está de pé, me apoiando pelas costas.

- Uuuh amor, isso aqui tá tão gostoso... - digo de olhos fechados e com os ouvidos submersos na água.
- De nada! Mas eu sabia que, no fim da contas, você ia curtir essa praia comigo... mas precisava me morder?

FUMACINHA DO FLASH BACK DE NOVO!


- PEDRO ME SOLTA! EU NÃO QUERO IR E NÃO QUERO TOMAR BANHO AGORA!
- CAMILA VOCÊ VAI NESSA PRAIA E VAI TOMAR ESSE BANHO, SIM SENHORA!
- NÃO VOU!
- VAI SIM!
- NÃO VOOOOOOOOOOOU!
- VAAAAAAAAAAAAAAI!
- NÃO VOU, CARALHO!
- VAI AGORA!
- AH É, É?

NHAC!


- AAAAAAAAAAAAAH! PORRA CAMILA, DOEU!

FIM DA FUMACINHA DO FLASH BACK


- Aaah amor, desculpa mas já te disse que eu não sou eu quando tenho sono e você queria me dar banho frio às 6 da matina.
- Eram 8 e meia.
- Que seja, era cedo para os padrões de domingo.
- É domigo de Carnval e no Carnaval 8 e meia já é tarde. Já tem bloco e tudo na rua.
- Uuuh gostei de ver, tá mais animado para o Carnaval esse ano do que o ano passado. Aliás, eu sei que tô de "castigo" por conta do papelão de ontem a noite mas, puxa, a gente bem que podia ir no Bloco do Pinto em Chamas nesta próxima quarta-feira. Geral vai e a prima do Johnny toca nesse dai também. Por favor, Pedro. Por favor!
- Adoraria mas quarta eu ainda trabalho.
- Ué, eu também! Mas tudo bem porque o Bloco vai ser a noite, depois do expediente. Dá pra gente ir de boa.
- Se eu não sair tarde e não estiver cansado, posso até ir... a senhorita é quem não deveria aparecer por lá.
- Aaaah Pedro, por favor! Eu prometo me comportar, nada de vexames e nem de sair no tapa com a atual de ex-meu.
- Falando em atual do ex-teu, o xaropinho lá e a mina dele vão?
- O Chouri e a Anãzinha raivosa? Até onde eu saiba não vão, não.
- Menos mal porque... né!
- É... - concordo toda sem-graça.

Puxa, o Chouri deve estar bem chateado comigo depois de ontem. Sepá deve ficar uns dias sem me dirigir a palavra. Compreensível. Eu, no lugar dele, faria a mesma coisa. 

Mas voltando ao assunto com Pedro:
- Então a gente pode ir no Bloco nessa quarta?
- ...

Pedro fica mudo por alguns segundos. Pensa, revira os olhos... e por fim, dá a decisão:
- Tá, podemos ir.
- AAAAH! - comemorando dando pulinhos dentro d´agua.
- Mas já sabe, primeira gafe...
- E você me arrasta pra fora e nada mais de blocos durante todo esse Carnaval 2018!
- Isso aí.
- Gosto muito de te vê puxando minha orelha quando eu alopro assim - falo enquanto paro de boiar e fico em pé, passando os braços sobre o seu pescoço.
- E gosto muito quando você presta atenção nas coisas que eu digo - diz enquanto me segura pela cintura - são pro seu bem.
- Eu sei, amor.

E no meio daquele marzão todo, nós nos beijamos e, lentamente, vamos "escorregando" pra dentro d´agua. Que beijo mais aquático!



Aí aí, estar com esse homem é uma delícia!


E mais tarde, no meu apê...
5h19 pm

Enquanto Pedro está no banho, aproveito e pego meu celular e mando um WhatsApp para Chouri. Não posso deixar de lhe pedir desculpas pelo papelão de ontem mas tenho quase certeza de que ele vai ficar um bom tempo sem me dirigir a palavra. Compreensível.

Depois mando mensagem no grupo Mean Girls, avisando que eu e Pedro iremos no Bloco Pinto em Chamas na próxima quarta.

Não demora muito e Pê saí do banho.

- Será que o Koni tá aberto? Tô afim de comer fora hoje. E aí, topa rangar um yakisoba? - pergunta ele.
- Aaah, a gente pode pedir uma pizza e ficar aqui assistindo um filme no Netflix. Tô zero afim de ir na rua agora.
- Pode ser. Quer pizza de que?
- Champignon! - respondo na lata.
- PELAMORDE, Camila! Champignon tem gosto de nada!
- Champignon tem gosto sim! - defendo a ferro e fogo.
- Ah é, gosto de quê?
- De champignon, oras!
- HA HA, essa foi boa! Pode ser metade carne seca com catupiry e metade champignon?
- Pode! E uma pizza pequena de chocolate como sobremesa.
- Fechado. 1 (uma) pizza tamanho família metade carne seca com catupiry e metade champignon + 1 (uma) pizza pequena de chocolate... e 1 (uma) Coca Zero.
- Coca Zero?! - me assusto.
- É. Só pra não pesar muito na consciência e na balança.
- ARGHT! Odeio Coca Zero!
- Quer o que, então?
- Fanta Laranja!
- Tá de brincadeira, né? Quem é que toma Fanta Laranja?
- Eu tomo Fanta Laranja!

E o Kel também.


- Guaraná Antártica pra agradar a ambos, pode ser? - sugere Pê.
- Guaraná Antártica então. Melhor que Coca Zero.
- E Fanta.

OLHO PARA A CÂMERA E FALO:
- Esses nossos gostos não casam mesmo.

E assim que Pedro pega o telefone e pede a Pizza, meu celular vibra e vejo que é um WhatsApp do Chouri:
Antônio/Chouri: Ô doida quer me explicar melhor que porra foi aquela de ontem?!

Puta merda! Ele tá puto! Disfarço e respondo antes que Pedro veja:
EU: Desculpa, eu perdi a cabeça.
Antônio/Chouri: E PQ?
EU: Em minha defesa, foi a Ana Júlia quem começou!
Antônio/Chouri: E o que ela fez que lhe tirou do sério?
EU: Eu tava, de boaça, dançando com as meninas, fazendo a coreografia de As Long As You Love Me dos Backstreet Boys quando, sem querer, esbarrei nela e ela perdeu a cabeça e começou a me empurrar. Pedi desculpas e ela continuou. Daí perdi a cabeça e a empurrei de volta e daí a briga começou.
Antônio/Chouri: Vcs brigaram por causa dessa merda?
EU: É mas quem começou foi ela!!!!
Antônio/Chouri: Que palhaçada, parecem 2 crianças.
EU: É, parecemos. Sei disso.
Antônio/Chouri: Bom vc tá arrependida, apanhou e deu uns supapos e agora ficou elas por elas. Tudo resolvido.
EU: Creio que sim. Mas não preciso dizer que quero distância da tua namorada.
Antônio/Chouri: É recíproco.
EU: E peço desculpas à vc por tudo isso.
Antônio/Chouri: Perdoada.
EU: ☺
Antônio/Chouri: Vi lá no grupo que vc confirmou presença no Pinto em Chamas nessa quarta.
EU: Sim! O Pedro me deixou ir!
Antônio/Chouri: E Pedro manda em vc agora, é?
EU: CLARO QUE NÃO! DEIXA DE SER RÍDICULO! Mas ele ficou muito puto com a cena de ontem e acha melhor eu ficar longe de encrencas por um tempo.
Antônio/Chouri: E quando vc diz "encrencas" vc se refere a mim?
EU: Na verdade à Ana Júlia mas como ela só vai aonde vc vai então isso meio que se refere à vc tbm.
Antônio/Chouri: Então vc não vai mais se encontrar comigo por causa do cremoso do seu namorado. É sério isso, Camila?
EU: Claro que não, né Chouri! Menos! Só que, sinceramente, nem ele e muito menos eu queremos ter qualquer tipo de contato com a tua namorada à partir de agora.
Antônio/Chouri: Então tá. Já entendi. Valeu! Faça bom proveito aí da sua escolha, do seu namorado top e protetor e do resto do seu Carnaval.
EU: Chouri vc não entendeu o q eu falei. Meu problema não é com vc e sim com a escrota da sua namorada. Vc sabe que eu tô certa, não é de hj que ela bate de frente comigo e estava esperando a oportunidade perfeita para armar uma briga.

Mensagem visualizada mas não respondida.

Eu: Eu fiz de tudo pra gente se dar bem mas ela nunca colaborou com nada.

Mensagem visualizada mas não respondida.

EU: Eu não queria chegar no ponto que chegou mas quem atirou a primeira pedra foi ela!

Mensagem visualizada mas não respondida.

EU: Sério que vc vai me ignorar?!

Mensagem visualizada mas não respondida.

EU: Chouri, por favor!

Mensagem visualizada mas não respondida.

Merda!

De repente, sinto a mão de Pedro sobre meu ombro. Me viro e ele está com uma expressão de dúvida.

- Tudo bem aí? - pergunta.
- Tudo! Tudo sim. Pediu a pizza? - disfarço.
- Pedi. Chega em 40 minutos. Tá falando com quem?

MERDA! Pedro não vai gostar nada disso mas prometi ser sincera com ele então lá vai:
- Com o Chouri. Tava pedindo desculpas com relação ao papelão de ontem.
- Aaah... - diz meio assim assado.
- Ele, claro, não entendeu. Ou melhor, tá do lado da namorada. Não o culpo.
- Hum...

E da pra ver que Pedro não gostou nem um pouco dessa minha conversa com Chouri.

- Bom, tentei fazer as pazes e resolver essa situação toda. Ele não quis. Problema dele e dela. E assunto encerrado! - digo firme.
- Assim espero... - diz me dando as costas logo em seguida.

OLHO PARA A CÂMERA E FALO:
- AFF! Que saco isso, viu! E eu que achei que ia ser fácil e maduro manter uma amizade entre meu ex e meu atual. Mas não existe espaço no mundo pra esse tipo de relação, pelo menos não no meu mundo. Mas eu tentei e tenho vocês como testemunha!


2 DIAS ANTES

5 de fevereiro de 2018
13h03 pm
Agência GRID, Barra da Tijuca

Volto do meu horário de almoço e vou para o banheiro para escovar os dentes quando, ao abrir a porta... SURPRISE BITCH!


- OU MAI FOQUIN GODÍ! - digo em voz alta.
- CARALHO CACAU! BATE ANTES DE ENTRAR, PORRA!

Flagro a coisa mais inacreditável EROU: Gregório no maior amasso... COM REGINA!

É UKÊ?!!


- DESCULPA! MIL DESCULPAS! EU NÃO QUERIA! DESCULPA MESMO! - digo fechando a porta o mais rápido possível e saindo de fininho.

Gente, como assim Gregório e Regina juntos?! O quê é que está acontecendo no mundo?! Ele tá de cabeça pra baixo ou o quê?! CADÊ O COLÍRIO DESVER?!



1 DIAS ANTES

6 de fevereiro de 2018

Grupo MEAN GIRLS no WhatsApp.
JOHNNY: Quais as fantasias de amanhã?
FABRICIA: Posso dar uma sugestão? Que tal personagens de filmes que curtimos? Ontem eu tava assistindo a TITANIC e super me bateu uma vontade de me vestir de Rose!
JOHNNY: Really?!
FABRICIA: E qual o problema? TITANIC é um clássico!
EU: Gostei da ideia! Dia desses o Netflix me sugeriu KILL BILL e tô com aquele macacão amarelo ensanguentado da Noiva na cabeça desde então. E eu tenho esse macacão, comprei para uma festa de Halloween alguns anos atrás e só o usei uma vez! Acho que tá na hora de tirá-lo do armário.
JOHNNY: Macacão nesse calor, Cacau? Você vai suar litros!
EU: Vale o sacrifício.
MALLU: Bom, já que meu crush vai de Rose, irei de Jack em sua homenagem <3
FABRICIA: Obrigada, meu bem! E vc, Jay?
JOHNNY: Vou pensar aqui, mas já que temos 1 par de um filme, talvez eu vá combinadinho com a Cacau e vou de Elle Driver com direito a tapa olho e tudo.
EU: Gostei Johnny.
MALLU: Aí adoro KILL BILL mas meu filme favorito do Tarantino ainda é Pulp Fiction 💗 Aquela cena do Vincent dançando com a Mia é perfeita!
JOHNNY: Taí, ao invés de vc e da Fabricia irem de Jack e Rose, pq não vão de Mia e Vincent e todo mundo fica na vibe Tarantino?
MALLU: Gostei da ideia! O que acha, amor?
FABRICIA: Pode ser, eu topo!
EU: Blz, fantasias decididas. Mas gente, que horas amanhã e qual o ponto de encontro?
JOHNNY: Amanhã às 18h30, saída do metrô da Sans Peña, pode ser?
MALLU: Acho melhor na porta do Mc Donald´s da Barão de Mesquita pois eu vou sair do trabalho e vou direto encontrar com vcs e sei que já vou estar com fome! Assim aproveito e como alguma coisa antes de ir para o bloco.
EU: Por mim pode ser, sei que vou estar com fome tbm pois eu tô sempre com fome.
FABRICIA: Por mim OK tbm.
JOHNNY: Então fechou Mc Donald´s da Barão de Mesquita às 18h30.
ANTÔNIO/CHOURI: Por mim tá de boas, vou tá com fome tbm que sei.

Opa, o quê? Chouri! Ninguém convidou ele! Quer dizer, ele está desde domingo me dando gelo e agora "Por mim tá de boas"?!

Não resisto e o chamo no privado.

EU: Chouri qual foi? Ninguém te convidou pro bloco de amanhã!
ANTÔNIO/CHOURI: Se está no grupo então todos são convidados. E o Johnny me chamou, queridinha, então baixa essa bola aí que tá deselegante.

Aí Johnny, seu cretino!

EU: Aaah então é isso, vc vai amanhã na maior carona de pau como se nada tivesse acontecido?!
ANTÔNIO/CHOURI: Eu vou amanhã pq quero ir no bloco e ainda vou vestido de Pai Mei fazendo jus a vibe Tarantino e se vc não gosta ou aceita a ideia, morre que passa.


Aaaah seu puto!


EU: Pois saiba que assim que vc e sua namoradinha a anãzinha raivosa aparecerem, eu vou enfiar a mão na cara dela!
ANTÔNIO/CHOURI: Pra sua felicidade a Ana Júlia não vai amanhã. Não por sua causa pois estamos cagando para o que vc sente ou deixa de sentir mas pq não pode ir. E se ela fosse é claro que eu não ia deixar vc levantar a mão pra ela e que os incomodados que procurem outro bloco de carnaval.
EU: Babaca!

E encerro o papo.

OLHO PARA A CÂMERA E FALO:
- Só me faltava essa, ter de aturar a presença do Chouri amanhã no bloco. E AINDA VESTIDO DE PAI MEI! Pelo menos ele não vai com a insuportável da namorada. Uma dor de cabeça a menos na minha vida.



O DIA

7 de fevereiro de 2018

6h35 pm
WhatsAPP do Pedro.
PEDRO: Amor desculpa mas não vou poder ir com vcs no bloco daqui a pouco. Surgiu um mega problema pra resolver aqui na agência e como tem a ver com pagamento de salário, não posso deixar o pessoal da contabilidade na mão. Vai com a galera e curta por mim. No sábado eu te levo no Thriller Elétrico, tudo bem? Prometo, a gente vai se divertir nesse final de semana. Bjs! Eu gosto muito de vc.

Porra Pedro... mas tá bom, com trabalho não se brinca. Com pagamento de funcionários, menos ainda.


9h10 pm
Bar do Bola, Tijuca

O bloco do Pinto em Chamas tá fervendo! Fervendo tanto que, assim que passamos em frente a um bar, decidimos parar para descansar e hidratar nossos corpos.

Johnny então aproveita a pausa e manda um WhatsApp para Chouri e tenta descobrir onde ele está?

- Vou mandar a nossa localização pra ele - avisa Johnny.
- Manda a localização do cu do Judas que é melhor - sugiro.
- Cacau Cacau, deixa esse rancor de lado senão ele desce para o estômago e vira câncer - alerta Mallu.
- Cruz Credo Pepê Pepeô bate na madeira pé de pato mangalô 3 vezes! Vai rogar praga pra outro, Mallu!
- Não tô rogando praga, só estou dizendo a verdade. Esquece um pouco essa raiva toda. Isso só te faz mal e traz grandes consequências.

E ela tá certa. Sou muito rancorosa. Preciso parar de nutri essa mágoa boba que sinto pelos outros e... e... não, não pode ser... não... NÃO MESMO! NÃO FUCKING MESMO!

MÚSICA DE CENA: 


Bom, não está nevando, claro. Pelo contrário, está um calor infernal, beirando aos 50 graus a sombra, e isso porque está de noite.

Estou arrependida de ter escolhido essa fantasia pois estou soando feito porco na brasa dentro desse macacão. Mas sem querer ele ornou com a situação. Parece mesmo uma cena de KILL BILL, mas especificamente falando: aquele momento em que A Noiva enfim reencontra O-Ren Ishii para seu confronto de vigança.

No caso eu sou A Noiva e O-Ren Ishii só pode ser ele, o cara que partiu meu coração em mil pedacinhos e me deixou arrasada, no fundo do poço, sem nenhuma esperança e com sangue nos olhos. Ele, o maior filho da puta da história e de toda Tijuca e adjacências, aquele que vocês estão querendo conhecer desde a primeira temporada dessa série. Ele, o Filho-da-Puta-da-Tijuca!

- Oi Camila.
- Caio de Alexandre... quanto tempo, não é mesmo?

Este é Caio de Alexandre.
Idade: 32 anos;
Signo: Libra (tinha de ser);
Ascendente: Escorpião (quer dizer, nasceu pra ser o cão);
Profissão: Publicitário;
Orientação sexual: Hetero, bem hetero! Comedor de PPKS da Zona Sul a Zona Norte;
Ídolos: Seu pai e os Beatles;
Estado Civil: Solteiro sempre, sozinho jamais;
Do que gosta: Ser amado;
Do que não gosta: De relacionamentos sérios;
No momento ele queria estar: BEM LONGE DALI!
E o que vai acontecer agora?: Só seguindo com a cena pra descobrir...

- Quanto tempo, né? - diz na maior carona de pau.
- É, muito tempo - digo sério e franzindo a testa.
- Como é que você está? - pergunta de boa.
- Estou ótima - responde seca e direta.
- Que bom. Tá bonita. Emagreceu!
- E você virou hispter, é isso mesmo? Qual é a dessa barba, quer virar Jesus Cristo ou o quê?
- É moda! Eu curto! E a mulherada gosta! - se gaba enquanto alisa a própria barba.
- Há claro, o que você não faz pra atrair o máximo possível de rabos de saia, não é mesmo?!
- Cacau vamos beber em outro lugar? - pede Johnny já me arrastando pela cintura.
- NÃO! EU QUERO FICAR AQUI, AGORA! - digo em voz alta e me afastando de Johnny - E POR QUE IR EMBORA? SÓ POR CAUSA DESSE CIDADÃO, É?!
- Abaixa o tom de voz, amiga. Por favor! - pede Fabricia ao pé do meu ouvido.
- Desculpa, desculpa! Não era minha intenção fazer cena - digo tentando me recompor.
- Sério isso, Cacau. Você ainda tem recalque por causa do que houve entre nós? - pergunta Caio se gabando.
- RECALQUE?! É ISSO O QUE VOCÊ ACHA QUE EU SINTO? RECALQUE?! HÁ, ESSA É BOA! NÃO É RECALQUE, SEU IMBECIL, É IRA! - berro ao 7 cantos.

E todos no bar param para ver a cena.

- Cacau, menos! - pede Fabricia me segurando pelo braço.
- É Cacau, se controla! - pede Johnny.
- Gente, o quê é que está acontecendo? - pergunta Mallu sem entender nada.
- Eu te digo o que está acontecendo, Mallu! - explico - Tá vendo esse cidadão aqui vestido de Mestre Kame?
- É Samurai Jack, meu anjo - explica Caio alisando seu kimono.
- UAREVÁ! - retruco - Tá vendo esse filho da puta? Então, ele é o Filho-da-Puta-da-Tijuca!
- Aaah é ele! - e ela fica surpresa.
- Eu sou o que?! - e Caio se surpreende.
- FILHÁDÁPUTÁDATIJUCÁ! ESSE É SEU APELIDO DADO CARINHOSAMENTE POR MIM! - explico elevando a voz novamente.
- Filho-da-Puta-da-Tijuca, e depois isso não é recalque! HAHAHA! - debocha soltando uma gargalhada.
- Queria que te chamasse como? De meu bombomzinho? Você foi um escroto comigo! Me enganou, me usou, mentiu e depois me descartou como se eu fosse um pedaço de papel! Portanto eu tenho todos os direitos do mundo de estar com raiva e de te chamar do que eu bem quiser e é por isso QUE EU TE CHAMO DE FILHÁDÁPUTÁDATIJUCÁ!
- Peraê... eu conheço você! - diz Mallu apontando para Caio - Você tava saindo com a minha colega de trabalho a pouco tempo atrás, a Mônica... é, é você mesmo! Caio-ex-da-Mônica!
- Mônica? - ele estranha.
- Mônica?! - eu estranho.
- É, Mônica Sampaio, do Marketing... é, é você mesmo, Caio! Você tava fazendo um freela lá na empresa e começou a sair com a Mônica e ela ficou toda apaixonadinha e durante um tempo vocês ficaram de namoradinhos até que ela descobriu que você tá noivo de outra mulher e quando foi tirar satisfação você deu um mega gelo nela e desapareceu! A bichinha ficou arrasada, coitada - explica Mallu.
- Mas que turnê mais flopada é essa que você tá fazendo, hein, migoh! - responde Fabricia apontando o dedo na cara de Caio.


E este caga e anda pra ela e ainda revira os olhos com o comentário.


Já eu... Aaah eu... assim que eu ouço essa história eu fico muito virada no Jiraya!

- Eu não tô acreditando! EU-NÃO-TÔ-ACREDITANDO! - digo em voz alta, com a mão na cintura como quem vai incorporar uma entidade já já - VOCÊ CONTINUA AGINDO DESSA FORMA ESCROTA COM OUTRAS MULHERES! AINDA SAÍ POR AÍ SEDUZINDO GERAL E QUANDO DESCOBREM QUE VOCÊ É COMPROMETIDO VOCÊ SOME E FINGE QUE NADA ACONTECEU! CARA QUAL É A SUA? VOCÊ TEM UMA PEDRA NO LUGAR DO CORAÇÃO, É ISSO?! VOCÊ É MUITO BABACA MESMO! IMORAL! INSENSÍVEL! ESCROTO! JÁ PASSOU DA HORA DE PAGAR POR TUDO O QUE FEZ E POR SACANEAR AS MULHERES DESSA MANEIRA! SEU SACO DE VACILOS!

E sem se importar com as  minhas ofensas, ele apenas se vira para os meus amigos e ironiza:
- Quando o motorzinho da língua dela pega no trampo, ela vai que vai, né é mesmo!
- SEU PEDAÇO DE XURUME! EU TE ODEIO, CAIO! EU TE ODEIO! - digo com os olhos cheios de lágrimas, enquanto avanço pra cima do abestado pra lhe dar um tapa.

Mas sou contida por Johnny, que me segura pelos braços.

- CHEGA CACAU! Deixa esse imbecil pra lá! - pede ele.
- É Cacau, ele não vale uma lágrima sua! Vem amiga! - pede Mallu.

E na hora em que eles iam me afastar de perto de Caio, eis que Chouri chega no rolê.

- Porra até que enfim eu encontrei vocês! Isso aqui tá mais cheio que o inferno! - diz ele que só depois repara que chegou bem no meio de uma torta de climão.
- Chouri ainda bem que você chegou. Me ajuda a tirar a Cacau daqui, por favor! - pede Johnny.
- O quê que tá acontecendo? - pergunta tentando entender o caso.
- A gente explica depois, Chouri... - fala Fabricia em voz baixa.

Mas eu não resisto e conto logo de todo o baphão e em voz altíssima, é claro:
- É ELE, CHOURI! E ESSE FILHO DA PUTA! COM TANTOS BLOCOS NO RIO DE JANEIRO E ESSE LIXÃO TINHA DE VIR JUSTAMENTE NESSE! E PARAR JUSTAMENTE NESSE BAR! É MUITO AZAR, VIU... 
- Filho da puta? Que filho da puta? Aquele filho da puta? O Filho-da-Puta-da-Tijuca? - pergunta Chouri.
- O PRÓPRIO! - confirmo aos prantos.
- Aaah tá! E aí cara, tudo bem? - cumprimenta Chouri.
- E aí! - responde Caio.
- Prazer! - diz Chouri, estendendo a mão.
- Prazer! - responde Caio de boas.

Mas quando Caio vai apertar a mão de Chouri... SURPRESA! 

Chouri vai e mete um porradão nas fuças de Caio, que voa longe e cai de cara no chão!

UKÊ?!

GEEEENTE!

LOL! 

AMEI!

- CHOURI! - exclamo.
- Quê? Ele merecia levar um supapo não é de hoje! - responde ele na maior tranquilidade.
- Chouri... CHOURI! Eu... AH! 

Estou perplexa... MAS SOU A ALEGRIA EM PESSOA! Ver Chouri dando esse porradão na cara de Caio foi, de longe, a melhor coisa da vida!


Mas minha alegria dura pouco. Puto da vida, Caio se levanta, corre e pula nas costas de Chouri!

- SEU ANORMAL! AGORA VOCÊ VAI VER SÓ UMA COISA! - grita enquanto lhe dá uma gravata.
- SOLTA ELE AGORA! - berro, pulando em cima de Caio.

PRONTO, a confusão tá armada! Caio segura Chouri e eu seguro Caio e a gente tá um bololô de gente. De repente vejo Johnny, Fabricia e Mallu pulando em cima de Caio, me ajudando a ajudar Chouri a sair dessa.

- LARGA ELE AGORA, SEU ARROMBADO DO CARALHO! - exige Fabricia puxando o coque Samurai de Caio.
- É SEU GRANDE FILHO DA PRÊULA! - ofende Mallu lhe dando vários pontapés.
- SOLTA ELE AGORA SENÃO EU VOU ENFIAR MEU BRAÇO NO SEU ÂNUS E ARRANCAR SEU INTESTINO FORA! - ameaça Johnny lhe dando vários socos na cara.
- PERAÊ PORRA, ISSO É COVARDIA! - fala Caio tentando se defender.
- COVARDIA FOI TEU NASCIMENTO, SEU SUCO DE MERDA! - digo lhe dando vários tapas!

E sozinho nessa luta, Caio solta Chouri e depois, com muito sacrifício, ele consegue se livrar dos socos, tapas e pontapés dados por mim, por Johnny, por Fabricia e por Mallu e sai correndo, fugindo igual o deabú foge da cruz.

- ISSO MESMO, METE O PÉ SENÃO VAI LEVAR OUTRA SABONETADA NO MEIO DOS CÓRNIS, SEU GRADESSÍSSIMO CUZÃO! - ameaça Chouri enquanto se recompoe.
- É, SAI FUGIDO MESMO SEU CAPACHO DO CARALHO! - berra Fabricia!
- É, SAI DAQUI SEU SACO DO CARALHO DO ZÉ DO PACOTE! - berra Johnny.
- É, VAI MESMO EMBORA, SEU... SEU... SEU FEIO! - berra Mallu.

OK, Mallu poderia ter xingado melhor mas os chutes que ela deu em Caio já foram nota 11. Aliás esse trabalho em equipe foi espetacular! Quer dizer, violência é algo abominável e não faz nem 1 (uma) semana que eu sai no tapa com a Ana Júlia anãzinha raivosa e eu prometi ao Pedro que ia me comportar e não fazer nenhum barraco em público... MAS A QUEM EU ESTOU ENGANANDO? EU AMEI DESCER O CACETE NO CAIO! ESTOU A 3 ANOS ESPERANDO POR ESSE MOMENTO!

- MEO DEOS eu não tô acreditando que a gente fez isso! - digo com as mãos sobre as bochechas, que estão rosadas de tanta euforia.
- É, isso foi muito doido, cara! - fala Fabricia toda ofegante.
- Mas foi muito bom! Tipo, MUITO BOM! - responde Mallu também ofegante de tanta adrenalina.
- Olha eu não posso negar, eu adorei descer a mão nesse esquerdomacho - afirma Johnny.
- Achei que ele apanhou pouco! Nem deu tempo de esfregar a cara dele no asfalto quente! - afirma Chouri.
- Não, ele apanhou o que tinha de apanhar. Pena que não é essa surra que vai dar um jeito no seu caracter. Querem apostar quanto como esse lixo já deve estar enganado outra mulher por aí e, claro, metendo mais um par de chifres na corna da namorada?! - afirmo.
- Cacau, aproveitando que estámos nessa, me explica de uma vez essa sua história com esse cara porque até hoje eu não entendi esse quê do Piraquê?! - pede Mallu inconformada por nunca ter sido atualizada do bapho.
- Como assim a Fabricia nunca te falou nada?! - exclamo.
- Só contei o essencial - explica Fabricia - que ele foi um escroto contigo e que por isso recebeu o "simpático" apelido de FILHO-DA-PUTA-DA-TIJUCA.
- Bom, a gente veio pra esse bar pra tomar um gorós e pôr o papo em dia então vamos tomar um gorós e eu aproveito para explicar toda a história à você, Mallu - digo.

E assim os ânimos se acalmam, a gente volta para o bar, pedimos finalmente nossas bebidas, nos sentamos numa mesa que fica disponível e finalmente eu explico à Mallu que Caio fez comigo o mesmo que fez com Mônica, sua colega de trabalho.

- Gente esse cara é um cafa muito do mal - afirma Mallu após ouvir minha história.
- E pelo visto ele não para de meter esse miguê nas mulheres - afirma Johnny.
- E nem vai parar! Homem assim não tem solução, não. É pinto nervoso! - afirma Chouri.
- Eu só lamento pela noiva dele. Sério. Coitada, é uma Árvore de Natal, cheia de galho! - afirmo.
- Se acha que ela não sabe de nada, Cacau? - pergunta Fabricia - Claro que sabe! Toda mulher sabe quando está sendo traída. Só que tem mulher que finge que não sabe porque o mais importante é ter o cara pra ela, "vencer" a disputa pelo seu coração, por assim dizer. Pra mim essa noiva dele é corna mansa. 
- Tenho de concordar com a Fabricia - fala Chouri - Pra mim essa mina leva essas puladas de cerca numa boa. E ainda deve lavar as cuecas desse fela.
- E se bobear ainda lhe prepara o jantar como uma boa submissa! - afirma Mallu.
- É Cacau. Se parar para pensar, você escapou de uma! - afirma Johnny - Cê foi engana por esse arrombado? Cê foi engana por esse arrombado! Mas poderia ter sido pior, você poderia ser essa Noiva Corna Mansa da Zona Norte.
- Noiva Corna Mansa da Zona Norte... taí, que ótimo casal: Filho-da-Puta-da-Tijuca com Noiva-Corna-Mansa-da-Zona-Norte. Que par, hein! - ironizo.
- É, que par... - ironiza Chouri que, logo em seguida, me lança um olhar irônico.

Até já sei o que ele quer dizer com esse olhar: "Continua sendo 'submissa' assim do seu cremoso que já já você vai se torna a próxima Noiva-Corna-Mansa-de-Laranjeiras". 

Prefiro nem comentar.

Bom, e com isso encerramos a noite e essa quarta-feira de Carnaval com muitas cervas geladas e destilando veneno nos relacionamentos alheios. Pena que não deu pra ficar até o sol raiar pois no dia seguinte ainda era dia de batente e geral ia acordar cedo pra ir à luta, inclusive essa que vos escreve. 


8 de fevereiro de 2018

E dito e feito, às 7h do dia seguinte eu já estava de pé, às 9h já estava no metrô do Largo do Machado e às 10h em ponto eu já estava na GRID. Mas às 10h10 quem disse que eu estava concentrada no job? Nada! Tava era de papos com Mallu pelo WhatsApp pois ela me chamou e disse que tinha um MEGA ULTRA BABADO pra me contar!

CONVERSA NO WHATSAPP
EU: Aí que ansiedade! Diz logo o que houve, mulher?!
MALLU: KKU... Babado forte e real! Lembra que ontem eu falei da minha colega de trabalho que também saiu e foi enganada pelo tal do Caio, né?
EU: Sim, claro que lembro!
MALLU: Então, essa minha colega, a Mônica, não aceitou ser passada pra trás e decidiu se vingar. Começou a stalkear a vida dele e da noiva dele nas redes sociais e descobriu onde ela trabalhava e com quem se relacionava.
EU: Sério?! 
MALLU: Sério! A mulher tava com sangue nos olhos! Bom, daí ela conseguiu ficar amiga dessa noiva dele, se chama Elaine e eles estavam juntos a, PASME, 8 anos!
EU: UKÊ? 8 FUCKING ANOS?!
MALLU: 8 fucking anos! Mas o babado não para por aí!
EU: AÍ FALA LOGO, MALLU! EU TÔ AQUI EM CÓLICAS JÁ!
MALLU: HAHAHA, bom, vamos lá - a doida da Mônica conseguiu ficar BFF dessa tal de Elaine, com o plano de ser convidada para a festa de casamento deles dois. Daí, no dia do casamento, ela ia expor o tal de Caio na frente de todos os amigos e familiares. Uma coisa meio de novela, saca? Mas no meio do plano de vigança, a tal de Eliane se sentiu segura pra confessar uma coisa pra Mônica.
EU: UKÊ?
MALLU: Que ela traia o Caio com o melhor amigo dele!
EU: UKÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊ?!!!!


MALLU: É isso mesmo o que vc leu, Caio tbm era chifrado pela noiva! E o pior, ela traia ele com o melhor amigo dele!
EU: Com o Hudson?!
MALLU: Esse mesmo! Tinham um caso a quase 2 anos!
EU: 😱😱😱😱😱😱
MALLU: E tem +! Depois de confessar tudo, a Mônica conseguiu convencer a tal de Elaine a largar o Caio e viver seu grande amor com o seu amante! Sim, faltando 3 meses para o casamento, com tudo pronto, vestido de noiva comprado, bolo encomendado, convites enviados e apartamento mobiliado, a tal de Elaine deu um pé na bunda do Caio e foi morar com o Hudson. No apê que ia ser deles dois!
EU: TÁ DE CAÔ?!
MALLU: Nada menina, tudo isso aconteceu real! E o tal de Caio virou piada entre os amigos e toda a Zona Norte! Criaram até um grupo no WhatsApp pra compartilhar dessa notícia!
EU: MINTCHIRÁ! EU NÃO TÔ ACREDITANDO?!
MALLU: Tú sabes que até apelido deram para o Caio! Agora ele é conhecido como Caio Unicórnio, o do chifre no meio da testa!
EU: OMG! HAHAHAHAHAHAHA! Quer dizer, provou do próprio remédio!
MALLU: E sem prescrição médica. Olha Cacau, tua vingança pode não ter chegado de Sedex mas a Lei do Retorno nunca falha! Tá aí o resultado de tanta sacanagem desse Filho-da-Puta-da-Tijuca. E quando contei pra Mônica que você tinha sido uma das vítimas desse sujeito, ela ficou doida pra te conhecer e faz questão de te colocar nesse grupo do WhatsApp. Parece que tem um monte de minas que foram enganadas por esse traste e fazem questão de alertar outras mulheres para que não caiam na historinha dele. O objetivo é acabar com o reinado de pegação desse Caio e colocar a fama dele na lama. Além, é claro, de enraizar o apelido Caio Unicórnio. E aí, vai querer entrar nesse grupo?
EU: PRA ONTEM, POR FAVOR!

E não leva nem 5 minutos e já fui adicionada ao grupo IN UNICORN WE DON´T TRUST com mais de 50 membros sendo que, desses 50, 30 eram só de garotas que foram enganadas por Caio. MEO DEOS, quantas vítimas! Quer dizer eu tinha noção de que não tinha sido a única engana por esse canalha mas nunca imaginei que fossem tantas assim!

E o grupo era bem ativo, hein! A cada 10 minutos era uma notificação. Em 1 hora eu já estava cansada de tanta informação sobre Caio e o chife dele. Silenciei o grupo por 1 ano e parei de visualizar as informações que as meninas estava trocando.

Pronto, já estou de alma lavada. Dei uns supapos nesse Filho da Puta, meus amigos lhe quebraram a cara e ainda descubro que ele foi mais corno do que qualquer uma das meninas que enganou. 

OLHO PARA A CÂMERA E FALO:
- Esse capítulo da minha vida acaba de ser encerrado e já posso seguir em paz pois não há mais nenhum aborrecimento para me tirar do sério GRAÇAS A DEUS!

Mas alegria de pobre dura pouco. Meu celular vibra. É mensagem do Seu Arnaldo, o dono do meu apartamento.

SEU ARNALDO: Olá Camila, bom dia. Como você está? Espero que bem. Camila me desculpa mas houve um imprevisto e eu vou ter de pedir o apartamento de volta.

OLHO PARA A CÂMERA E FALO:
- Esqueçam o que eu disse, minha paz de espírito durou pouco. Tá aqui um novo e turbulento capítulo dessa série que eu chamo de Minha Vida! AFF... Quem que escreveu essa porra desse roteiro?!


You Might Also Like

0 comentários

Cacau dos Santos

©2015-2018 - Todos os direitos reservados.
Todas as imagens de filmes, séries e etc são marcas registradas dos seus respectivos proprietários.

Contato

Mail: oi@cacaudossantos.com
Phone/Zap: (21) 99993-1199

Formulário de contato