Bem-vindos ao meu site!

Cacau dos Santos

Designer Web Designer Cool Hunter Mídias Sociais e nas horas vagas... Blogueira!

18 maio 2017

Licor de Cacau - 1ª Temporada - #13 - Essa Barra que é gostar de você

  • maio 18, 2017
  • by
Imagem: Unsplah

(1) Sobre fundo preto surgem, em letras brancas, sucessivamente, as seguintes frases:

AVISO: A história a seguir contém linguagem atípica, palavrões, termos em inglês, muitos pontos de exclamação e referências da cultura pop e, devido ao seu conteúdo, este pode causar crises de risos e nostalgia aos leitores. Todos os personagens e eventos - mesmo aqueles baseados em pessoas reais - são fictícios. Se por ventura você se identificar com algo que foi escrito ou com alguém citado, isso significa que a sua loucura se parece um pouco com a minha e aproveite esse momento de coincidência para me seguir no instagram: @thecacaudossantos

(2) As frases desaparecem em fade e surge título da série seguida da primeira cena


Nos episódios anteriores:

EU: Pedro qual foi? Vai ficar nessa pra sempre?!
PEDRO: Nessa o quê? Como assim?
EU: Vai ficar me destratando desse jeito até quando?
PEDRO: Não estou te destratando
EU: Tá sim! Desde o dia em que te contei que o Chouri me beijou que vc tá assim, todo estúpido comigo!!!!
EU: E o que houve não te atingiu em nada?
PEDRO: Não, não me atingiu em nada
EU: Vc não se importa com isso, Pedro?
PEDRO: Não, não me importo

- Chouri, você tá mais pra... boy crush.
- Pra o quê?!
- Boy crush.
- Boy crush?!
- Boy crush!
- Tá mas o quê é boy crush?
- Boy crush?
- É? Bou crush?
- Boy crush é você, ué!
- Tá, boy crush... então eu sou boy crush?
- Uh hum! ^^
- ... tá OK, boy crush. Já é alguma coisa, né?

- Eu fui demitida.
- Como é?
- É, eu fui demitida.
- Quando isso?
- No final do mês de Janeiro, assim que voltei de férias.

[Re] Assunto: Vaga design
Oi Cacau, tudo bem? Espero que sim!
Seguinte, o designer que contratamos não vai poder ficar na vaga, parece que ele recebeu uma proposta melhor e vai se mudar para São Paulo! Com isso, como você foi a segunda colocada, gostaríamos de estar lhe chamando para fazer parte da nossa equipe. O quê acha? Se a resposta for sim há alguma possibilidade de você já começar nesta segunda-feira, dia 3/4?

No aguardo.
Att.:
Lipe Munhoz
Supervisor de Criação

OH... MY... GOD... é isso mesmo? Eu consegui um emprego?.... É, é isso mesmo, eu consegui um emprego! EU CONSEGUI A PORRA DE UM EMPREGO!



LICOR DE CACAU
EPISÓDIO 13 – Essa Barra que é gostar de você
Escrito por: Cacau dos Santos

Rio de Janeiro, metrô do Largo do Machado
3 de abril de 2017
7h39 am

Música de cena:


Vamos ser sinceros: a Barra é uma barra! Tanto que tem esse nome – Barra! É uma barra ir pra Barra mas barra maior é gostar da Barra!

Por isso pra suportar essa barra o que eu fiz? Abri o Spotify, cliquei na playlist do Raça Negra e tô aqui de boas, dentro do vagão do metrô lotado, sentido Jardim Oceânico, ouvindo o quê? “Cheia de Manias”, é claro!

E tô aqui, amarradona, só no DIDIDIDIDIDIÊ:
- ♪ DIDIDIDIDIDIÊ! DIDIDIDIDIDIÊ! DIDIDIDIDIDIÊ! PARARARÃ RÃ RÃ RÃ, PARARÃ RÃ RÃ! Se estou na sua casa quero ir pro cinema, você não gosta, um motelzinho você fecha a portaaaaaa! Então me ajude a segurar essa barra que é gostar de você, então me ajude a segurar essa barra que é gostar de você, êh! DIDIDIDIDIDIÊ... ♫

Tô cantando essa porra alto? Tô cantando essa porra alto! Tô fazendo passinho de dança? Tô fazendo passinho de dança! Tem gente me olhando e julgando? Tem gente me olhando e julgando! Mas e daí? TÔ de boas! É meu primeiro dia de trabalho e com trabalho vou ganhar dinheiro! E com dinheiro eu vou pagar o aluguel! E pagando o aluguel eu NÃO VOU morar com a minha tia! LERÔ LERÔ!

Aí que emoção!


8h03 am e já cheguei na Barra. Volto a repetir, Dudu foi o prefeito que faliu a cidade mas de todos os gastos, o metrô sentido Barra foi o melhor investimento. Chegar aqui em 30 minutos é um sonho! Saio do vagão, vou na saída principal e, ao invés de pegar um ônibus, decido ir a pé até o Downtown. É rapidinho, bom pra mim é, a pé dá uns 10 minutos e ainda vou economizar R$ 3,80 da passagem. Então 8h13 eu já estou na parte empresarial e às 8h21 lá estou eu linda e bela dando 3 batidas na porta da sala 303 do bloco 16.

Não demora muito e uma tiazinha de óculos me recebe.

- Oi, bom dia! – digo mega educada e radiante.
- Oi, bom dia- responde ela também num tom educado.
- Eu sou a Cacau, sou a nova designer.
- Aaah sim, pode entrar.
- Obrigada – agradeço gentilmente – qual o seu nome?
- Gleide.
- Prazer Gleide - digo estendendo a mão.
- Aaah tá, prazer Cacau e bem vinda.
- 😊

Gleide Aparecida de Jesus, 53 anos, é a recepcionista (e vulgo faz tudo) da agência GRID.

- Chegou cedo, o pessoal só pega no batente às 9h – me explica Gleide.
- Pois é, fiquei com medo de me atrasar e acabei caindo da cama bem antes do previsto!
MINTO! Tô tão ansiosa que nem dormir e às 5h já estava de pé comendo um pão com manteiga e peito de peru, lavando a louça da janta de domingo e ainda levando a Cake pra dar um rolê no corredor do prédio.
- HAHA, entendo, quer um café, vou preparar um pra mim e posso preparar um pra você.
- Aaah quero sim, obrigada.

Ela então vai até a micro cozinha que fica no escritório, liga a máquina Nespresso que está em cima da bancada da pia, levanta a alavanca dessa e insere umas das capsulas de café.

- Opa desculpa, estou preparando um Livanto, aqui é o que mais sai, mas se quiser posso preparar um outro pra você – pergunta.
- Tá tudo bem, pode ser mesmo – digo.
- Tem certeza? Aqui nós temos diversos sabores, olha.

E Gleide abre uma das gavetas do armário da pia e quando olho, ela está repleta de várias capsulas coloridas de café. Estou no paraíso!



- OH MY GOD, que estoque mais glamoroso é esse! – digo com os olhinhos brilhando.

- HAHAHA, Seu Lipe adora esse café expresso e está sempre reabastecendo o estoque. Tem de tudo aqui, Capriccio, Volluto, Caramelito, Rosabaya da Colombia, Vanilio... são tantos que os meninos brincam de tomar um sabor diferente todo os dias... aqui, seu café está pronto – fala pegando a xícara já cheia e me entregando.
- Obrigada – e mato tudo em 3 goles, 3 deliciosos goles.
CARA EU JÁ TÔ AMANDO MUITO ESSE LUGAR!
- Você gosta de café? – pergunta Gleide.
- Se eu gosto de café? SE EU GOSTO DE CAFÉ? Já viu “MIB – Homens de Preto”?
- Já, por que?
- Lembra daquelas baratas que são viciadas em café.
- Lembro.
- Então, eu sou uma delas!



- HAHAHAHAHAHAHA! Boa! – e Gleide cai na gargalhada.

Que bom, primeira amizade no escritório garantida com sucesso!

Gleide então diz que eu já posso me sentar na mesa que foi separada justamente para a minha pessoa e faço isso, enquanto ela vai para o seu posto na recepção.

Me acomodo em minha nova mesa, penduro a bolsa na cadeira, tiro de dentro dela minha nécessaire e meu celular e deixo tudo bonitinho e simetricamente organizado ao lado esquerdo da tela do computador. Cogito até em liga-lo mas, sei lá, melhor deixar alguém chegar e falar algo.

Olho para o relógio que já marca 8h53 am. Com certeza alguém já deve estar a caminho. Seja paciente, Cacau.

9h07 am e eis que aparece a primeira alma.

- Bom dia, Gleide!
- Bom dia, Alana.
Alana Junqueira, linda, loira, fashion e gente boa, trabalha como Analista de Marketing. Espero, do fundo do meu coração, me dar bem com ela. Sua mesa é de frente a minha e, ao me ver, leva um susto!
- Opa! Oi?!
- Oi! – digo meio sem graça.
- Você é a ...?
- Cacau, sou a nova designer.
- Aaah sim, tá certo! A menina nova! Desculpa, tinha esquecido que você ia começar hoje! Prazer, Alana, seja bem vinda – me diz estendendo a mão.
- Prazer.
- Então, nervosa?
- Ansiosa, na verdade.
- Hahaha, imagino. Você já trabalhou com o Tomaz, certo?
- Isso, na RJ Produções.
- Que bacana, cara. Bom, espero que goste daqui.
- Eu também espero isso! – digo lançando um longo suspiro.

Alana então se senta em sua mesa, liga o computador, depois a caixa de som e logo abre um vídeo no YouTube.

- Aqui nós começamos o dia com música, sempre coloco alguma coisa pra gente escutar antes do Lipe chegar. Você gosta de Maroon 5? – pergunta.
- Gosto, claro!
- Ótimo! Bora começar com Maroon 5 então!

E ela abre no novo clipe dos caras:

- Alana adora essa banda aí, não é mesmo, Alaninha? – entrega Gleide.
- Amo! Adam Levine é e sempre será meu crush internacional! – brinca fazendo o sinal de coração com as duas mãos.
- Você vai no show deles no Rock in Rio? – pergunto.
- Já estou lá! – afirma com toda empolgação – Comprei o Rock in Rio Card assim que abriu as vendas! E você, vai também?
- Vou mas não na noite do Maroon 5, vou na do Aerosmith. Adoro esses caras e da última vez que eles estiveram no Brasil eu não pude ir.
- Por que?
- Porque... – pausa, o motivo não é dos melhores, não fui porque eles se apresentaram logo depois que minha mãe morreu mas prefiro não dar muitos detalhes. Apenas digo - ...porque tava curta de grana na época. Sacomené?
- É, sei, foda cara. Esse ingresso pro RIR eu parcelei em 5 vezes e no cartão de crédito do meu pai senão acho que não iria também... mentira, iria sim! É o Adam! Como não gastar dinheiro naquele homão da porra?
- HAHAHA, fato! A mulher tem o direito de gastar seu dinheiro com sapatos, maquiagem e homões da porra!
- Isso! Exatamente! Já gostei de você!

E ela me dá um High Five.


Segunda amizade no escritório garantida com sucesso!

O clipe acaba e ela me pergunta se quero escolher o próximo vídeo?
- Aaaah, sei lá... coloca aí... Shakira – digo.
- Shakira?
- É, uma que ela canta com o Maluma. Tá na minha playlist  Discover do Spotify dessa semana e tô com ela na cabeça.
- Beleza, Shakira.

E em minha homenagem, Alana dá o play no clipe da Shakira.


E logo ela se levanta da cadeira e começa a dançar!

- Vamos lá mulherada, quebrem esses quadris! Gleidinha, vem cá dançar! Rebola pra mim!
- NÃÃÃÃO! Eu não!
- VEEEEM!

E Alana sai correndo e agarra Gleide por trás e lhe dá um beijo no cangote.

- Vamos Gleide, quero ver você dançar!
- Alana você tá terrível essa manhã!

E eu só observo aquela animação toda. Gosto disso, espero que todas as manhãs sejam assim por aqui. E eis que, de repente, me chega um baixinho hipster e leva um susto ao ver Alana agarrando Gleide:
- Que isso, assédio sexual?! – diz ele entrando e fechando a porta.
- Isso é amor matinal, Gregório – explica Alana.
- Tá bem, lá na minha terra isso tem outro nome, mas OK.

E ele as deixa naquele grude todo e vai na direção da sala e quando me vê leva outro um susto. OK, começo a crer que ninguém foi informado de que eu começaria a trabalhar aqui hoje pois tá todo mundo se assustando com a minha presença.

- Oi – digo meio sem graça.
- Oi – responde ele ainda assustado, enquanto tira a bolsa de couro marrom dos ombros – você é a...?
- Cacau, a nova designer.
- Cacau, a nova designer, prazer, Gregório, o velho Motion Graphic.

Gregório Maurício de Freitas, vulgo Greg, hipster que sempre usa bluxa xadrex, calça jeans preta, tênis Converse e óculos de armação Chili Beans. Se acha o king size do Motion Graphic, pior que é mesmo.

Ele se senta numa mesa ao lado esquerdo de Alana e fica me observando de rabo de olho. Fico meio sem graça mas disfarço. Depois de ligar seu PC ele se levanta e vai até a cozinha e prepara um café. Logo volta ao seu posto com 2 xícaras e oferece uma delas a mim.

- Aaah obrigada mas eu já tomei. A Gleide me preparou um assim que cheguei.

Ele não fala nada, só assopra o café que está prestes a beber, me dá as costas e volta pra cozinha onde joga fora o café que preparou pra mim. Isso não se faz, que desperdício de Nespresso.

Quando volta pra sala eu mando a real:
- Foi mal, não quis fazer desfeita.
- Não fez, de boas.

Caramba, não vamos estragar a amizade que acabamos de criar. Quer um abraço?

O clipe de Shakira acaba e Alana volta correndo para a sua mesa antes que um outro se inicie automaticamente.

- Glei, sua vez de escolher uma música! – diz ela.
- Eu quero a daquele menino lá, o bonitinho, que tá de rabo de cavalo.
- Thiago Iorc?
- Não, esse não! O sertanejo.
- Luan Santana?
- Esse! Esse aí mesmo!
- Aaah não Gleide, fala sério! – já reclama Gregório.
- Deixa a Gleide, se ela quer Luan Santana, ela vai ter Luan Santana.

E Alana dá o play no clipe de Luan Santana:


Olha confesso que não sou muito fã desse cara não mas isso aqui é uma democracia, então direito iguais. Gregório revira os olhos e põe seu fone de ouvido e dá o play em uma música (que tenho quase certeza que é do Of Monster and Men) e a coloca no volume máximo. Alana percebe que ele está mesmo incomodado com a escolha sonora de Gleide e é aí que ela começa a dançar ao som de “Acordar o prédio”, só pra sacanear. Já sei quem é a vítima de implicância da empresa. Logo Tomaz chega. Enfim um rosto conhecido mas até esse leva um susto ao me ver! Te falando, acho que ninguém sabia que eu viria pra cá hoje mesmo, não!

- Cacau! Você por aqui! – brinca ele.
- Oi Tommy! Tudo bem? – e me levanto da cadeira e o cumprimento com um abraço.
- Tudo bem, e com você? – me responde retribuindo o abraço.
- Tudo ótimo, melhor agora. Mais uma vez eu quero te agradecer pelo QI. Sério cara, essa vaga caiu do céu! Não tava conseguindo nada depois que fui demitida da RJ Produções.
- Imagino, mercado tá uma merda – fala ele se sentando ao meu lado esquerdo – mas eu tô feliz que o Lipe tenha decidido ficar com você.
- Eu também! E me desculpa pelo o que vou dizer mas pra mim foi ótimo o outro designer ter desistido da vaga para se mudar pra São Paulo, ela acabou indo para os braços de mamãe aqui!
- ...Outro designer? – e Tomaz estranha.
- Sim, o designer que o Lipe escolheu antes de mim, o que não pôde ficar porque recebeu uma proposta melhor e foi pra Sampa.
- Cacau, não houve nenhum designer antes de você.
- ... Hãm? – estranho.
- É, ele fez uma caralhada de entrevistas com um bando de gente, inclusive com você, mas a vaga não chegou a ser preenchida. Ele só tomou a decisão semana passada.
- Quê?! Mas... eu não entendo, o Lipe anteriormente tinha me dito que a vaga tinha ficado com outra pessoa e depois disse que essa pessoa não ia mais trabalhar aqui porque estava indo pra São Paulo.
- O Lipe disse isso?!
- Disse! Tenho até o e-mail salvo e posso te mostrar!
- Não entendi? Se ele havia escolhido alguém antes então não me contou nada pois até onde eu saiba essa vaga ainda estava aberta.

Cara, como assim a vaga tava aberta? Não entendo! Me lembro que, dias depois de fazer a entrevista, eu recebi um e-mail do Lipe dizendo que tinha escolhido uma outra pessoa para o cargo. Por que ele mentiu assim se, por fim, fui contratada? Será que isso é algum tipo de novo teste de RH?

Logo a música de Luan Santana acaba e antes de Alana falar qualquer coisa, Gregório tira o fone dos ouvidos e grita:
- KINGS OF LEON! TOCA KINGS OF LEON!
- Tá bom, seu prego! – responde ela abrindo um clipe do Kings Of Leon no YouTube.



E o clima, que era de festa total, logo fica mais sério, tanto que Alana sossega o facho e senta na sua cadeira. É, Kings of Leon é para quem tem um gosto peculiar. Bom eu gosto, bom só eu e o Gregório pelo visto.

Enfim, tento esquecer o lance do tal “designer que foi para Sampa” e pergunto a Tomaz o que vou fazer, especificamente? Ele me mostra uma pasta com o nome de todos os clientes da GRID e explica que vou ficar com a divulgação de uma casa de loja de presentes personalizados e de uma rede de sorvetes self service (OH GOD! Trabalhar com imagens de sorvetes o dia inteiro vai acabar comigo!). Basicamente eu vou cuidar de toda mídia online deles.

- Recebi um briefing aqui pra gente fazer a campanha desse novo sabor de sorvete da Ice in Love, que vai levar cookies Bauducco. Foi uma mega parceria que eles fecharam. E esse sorvete é uma delícia! Fomos lá na semana passada pra fotografar e deu pra experimentar um pouco dele.
- Deu pra experimentar UMA colher do sorvete, você quis dizer – corrige Alana.
- Melhor uma colher que nada, né? – defende Tomaz
- Uma colher é ser muito miserável, leva a mal, não! – rebate Alana.
- HAHAHAHA, miserável! HAHAHAHAHA! – e Gregório cai na gargalha.

Tomaz respira fundo, nunca foi do seu feitio falar mal de qualquer cliente então ele prefere não se manifestar com relação ao “miserê” dessa rede de sorvetes. Eu idem. Cheguei agora então pra que me meter?

- Bom, eles querem umas artes pra divulgar esse novo sabor de sorvete nas redes sociais. Aqui no briefing você encontra mais explicações sobre essa parceria e há uma pasta com todas as imagens da sessão de fotos que fizemos. Você pode utilizar esse material para a criação dos posts e do e-mail marketing – ele explica.

- Aaah beleza! Fechou então.
- Pra agora, na parte da manhã, faz só esses dois posts para facebook e dois para instagram e vamos ver como vão ficar e se eles vão aprovar essa linha que está seguindo. Qualquer dúvida é só me chamar.
- Tá bom, pode deixar!

Logo abro a pasta que me mostrou e me deparo com aquele mar de fotos de sorvete, PUTA MERDA! Tá batendo até vontade de tomar uma casquinha do McDonald´s... não, milk-shake! Milk-shake de Ovomaltine! Mas não do McDonal´ds, do Bob´s! Que tal um milk-shake de baunilha do Burger King?... Aaah que se dane, na volta pra casa eu vou é passar nessa Ice in Love, que fica no Botafogo Praia Shopping, e vou me entupir de sorvete!... Gente o dia mal começou e já estou pensando no final do expediente! OK, foco Cacau, foco!

9h32 am e logo chegam mais dois funcionários, Valéria e Fred.

Valéria Navarro, é jovem, não deve ter nem 21 anos e trabalha na GRID como publicitaria. Frederico Vidal, vulgo Fred, já me parece um pouco mais velho, na casa dos 27, 28 anos e é fotografo. Valéria e Fred estão de mãos dadas. Valéria e Fred são um casal, aquele tipo de casal que se um caga o outro também caga, se um vai almoçar o outro vai junto, se um pega ebola o outro também pega. Valéria e Fred já me dão nos nervos.

- Bom dia!! – os dois falam ao mesmo tempo.
- Bom dia!!!!! – e todos respondem ao mesmo tempo.
Ao me verem, Valéria e Fred levam um susto. Caralho, isso já tá chato!
- Oi, eu sou a Cacau, sou a nova designer – já explico logo.
- Aaah tá, a menina nova, o Lipe avisou que você viria hoje. Tinha esquecido – explica Valéria ainda segurando a mão de Fred.
- É, parece que geral esqueceu isso mas de boa.

Ela não entende muito a piada e não tô afim de explicar. OK, essa nova amizade não começou muito bem, não. Os dois, enfim, soltam as mãos, isso porque Valéria vai se sentar em sua mesa, que fica do lado direito de Alana, e Fred vai se sentar numa mesa do outro lado da sala, senão aposto que até pra sentar, sentariam de mão dadas. Não sei vocês mas esse tipo de grude me embrulha o estômago.

Volto para o trabalho e me concentro na escolha de uma boa foto para a criação do primeiro post para o lançamento do novo sorvete da Ice in Love... Ice in Love, parce nome de motel... “Venha desfrutar de momentos inesquecíveis na Ice in Love, aqui nos garantimos o seu prazer graças a uma piscina aquecida para o amor ideal e uma cama vibratória que irá testar todos os movimentos do seu prazer. Ice in Love, o seu amor HOT”, HAHAHA!... OK, foco Cacau, foco senão o povo já vai te achar louca!

E tô ali, de boas, escolhendo as fotos quando percebo que alguém acaba de se sentar do meu lado direito. A pessoa chega sem falar nada. Apenas joga a bolsa em cima da mesa, senta na sua cadeira laranja, tira seus óculos da moda e me encara.

Levo um susto!... É, dessa vez o susto é meu! Quem é esse ser?

- Bom dia, Regina – cumprimenta Tomaz sem tirar os olhos da tela.
- Bom dia, Tomaz... e essa é que é a nova designer? – fala apontando pra mim.
- É sim – explica ele – Regina, Cacau, Cacau, Regina.

Regina Orofino... como é que posso começar a explicar Regina Orofino?

Música de cena:


A Regina Orofino é perfeita! Ela tem duas bolsas de pele e 1 carro importado prateado! O cabelo dela está no seguro por 10 mil dólares! Soube que ela faz comerciais de carro no Japão! O filme que ela mais gosta é Marcação Cerrada! Ela até conheceu o John Stamos no avião e ele disse que ela era linda! Um dia ela me socou no rosto... e isso foi irado!

NÃO! Peraê, confundi as Reginas! Essa é a George, a Orofino é até parecido fisicamente com a George mas ela não tem 2 bolsas de pele, na verdade tem uma mochila da Imaginarium, e não tem 1 carro importado, pega busão como a maioria das pessoas, e me parece que seu filme favorito é SEVEN e ela só viajou de avião umas 2 vezes e encontrou o Fat Family no aeroporto e ela nunca me deu um soco no rosto... mas parece que quer dar! Ela me olha de cima a baixo com o olhar mais odioso EVEEEEEEEEEER! Cruzes! O que fiz pra já ser recebia desse jeito por ela?

- Prazer! – digo tentando ser amigável e lhe estendendo a mão.
- Olá, Regina – e ela me lança um sorriso bem falso enquanto aperta forte minha mão. Sinto que fez de propósito. – Sou a outra designer da empresa. No caso você vai trabalhar pra mim.
- COM você – corrige Tomaz ainda olhando para a tela do seu computador.
- COM... IGO – corrige ela ainda mantendo o tal sorriso falso na cara – O Tomaz já te passou alguma coisa?
- Já sim, tenho de fazer a divulgação do novo sabor de sorvete da Ice in Love.
- Aaah sim, o de cookies Bauducco. Viu que eu fiz uma base pra ele?
- Base? – estranho.
- É, base, um molde, você sabe, né? Pra ficar padronizado.
- Não, não vi, não sabia que você havia feito isso.
- Aaah tudo bem, normal, você é nova aqui e vai ter de entrar no meu ritmo, a não ser que ache que suas ideias possam ser melhores que as minhas.
- AH?! – estranho.
- Aí Meu Deus, você acha! Olha, confiança é a alma do negócio mas pra que esse otimismo todo?
...Gente... WHAT FUCK IS ACONTECENDO AQUI?????
- Mas olha, continua fazendo aquilo o que você está fazendo, vai que eles aprovam de cara? – e ela pisca os olhos pra  mim.

Assim... QUAL FOI?

- Regina, menos – Pede Alana olhando séria pra ela.
- Menos o quê? Só estou dando as boas vindas a nossa designer star.
WHAT? Designer... star?! Mas o quê...
E eis que Lipe chega. Graças a Deus porque ao ver a presença do chefe, a tal Regina se cala. E ele é o único que não toma susto ao me ver na sala, também se levasse eu ia estranhar.
- Bom dia equipe. Tudo bem por aqui? – pergunta com um sorriso estampado no rosto.
- Tudo bem sim, na medida do possível – avisa Tomaz.
- Ótimo. Olá Cacau, seja muito bem vinda a nossa empresa – diz ele pousando suavemente a mão sobre o meu obro.
- Olá Tomaz, obrigada – respondo tentando parecer o mais simpática possível.
- Vejo que já conheceu toda a equipe, só falta o Erik, meu sócio que está numa reunião agora na parte da manhã mas deve chegar antes do horário de almoço.
- Beleza!
- Trouxe os documentos que pedi + sua carteira de trabalho?
- Trouxe sim, estão aqui.
Me viro para pegar meus documentos que estão na minha bolsa e percebo um olhar negativo de Regina sobre mim. Afinal qual é a dessa mina? Porque carnou um ódio gratuito assim de cara por mim? Ignoro e pego meus documentos e os entrego a Lipe.
- Perfeito Cacau, vou mandar hoje mesmo para o nosso contador e até o final da próxima semana você já terá recebido o seu VR e o valor da passagem terá caído no seu Rio Card. Está com alguma dúvida com relação a sua contratação?
- Não, por enquanto não. Tudo de boa.
- Ótimo. O tomaz já lhe passou as informações do job do Ice in Love?
- Já sim, e já estou pegando nisso!
- Show! Bom, qualquer coisa me chama na minha sala.
- Pode deixar.
-  😊

E Tomaz foi super solícito comigo. Fico aliviada. Espero que essa postura de bom chefe e líder prestativo não seja só um cartão de boas-vindas e que, com o tempo, ele não coloque as garras de fora.

Volto minha atenção para a tela do PC e me foco na arte que preciso fazer. Vamos lá ideia boa, essa é a hora de você se manifestar!

1h07 pm
Geral começa sair pra almoçar. Alana, Tomaz e Grégorio me convidam pra comer no Montana Grill da praça de alimentação do Downtown. Aceito. Vamos os quatro pra lá e, ao chegar, não resisto e pergunto logo de cara:
- Qual é dessa tal de Regina?
E quem começa com as explicações é Alana:
- Ignora a Regina, ela tá puta porque você pegou a vaga da prima dela.
- HÃM?
- É, a Regina tem uma prima que é designer e ela fez de tudo para essa garota ficar com essa vaga mas não rolou.
- Daí ela automaticamente associou a culpa à você – explicou Gregório.
- Mas ela sempre foi assim, arrogante e antipática – explica Tomaz.
- Isso é verdade, Regina se acha A fodona, A designer soberana – explicou Alana – pra ela as suas ideias são as melhores, seus projetos são únicos e ninguém está acima dela, só abaixo. E como se não bastasse ela tava louca pra pegar essa campanha da Ice in Love mas o Lipe quis passar pra você, aí já viu.
- Isso explica o seu azedume – entendo - agora por que ela me chamou de “star”? Não entendi essa piada?

Os três então ficam em silêncio por alguns segundos e se entreolham, o que só aumenta a minha desconfiança. É então que Tomaz faz o favor de me explicar essa parte da história:
- É por causa do que houve com a sua amiga cadeirante.
- A Valentina?! – me assusto.
- É, a campanha que vocês criaram teve a maior repercussão e você meio que ficou famosa ao dar aquelas entrevistas ao lado da Valentina. Por isso Regina te chamou de “star”.
- Aaah fala sério, só por causa disso?
- A Regina não gosta que outras pessoas sejam o centro das atenções, sabe? Quer tudo pra ela – diz Gregório.
- Ou seja, essa garota precisa de tratamento! – mando.
- Isso mesmo! – concorda Gregório.

E todos caem na gargalhada.

OK, já vi que vou ter de lidar com esse temperamento escroto dessa tal de Regina. Por enquanto o melhor a se fazer é ignorar e fingir demência.

Volto do almoço mais aliviada pois agora tenho as informações necessárias para lidar com essa garota e também fiquei sabendo de alguns babados que rolam dentro da Agência GRID.  Por exemplo, Fred deixou a noiva com quem estava a 5 anos pra ficar com Valéria (vejam o que um belo chá de b*c&tí não faz, não é mesmo?!), e eles já pensam em morar juntos e adotar um cachorro (na minha modesta opinião eles deveriam ir mais devagar pois o que começa rápido, termina mais rápido ainda). Já Gleide é de Belford Roxo e está se separando do marido e tem 1 filho pré-adolescente e, a noite, ela está fazendo um curso express de informática. Alan e Erik são um casal (ADORO!) e a Grid está a um passo de fechar com o Grupo Matriz e com isso vamos poder ganhar passes VIPs em todas as festas que eles produzirem, inclusive nas festas na Casa da Matriz, meu point favorito EVEEEEEEEEEER! Gente como eu já AMO esse emprego!

Enfim, de volta ao batente eu fecho os posts que me demandados e já pego no flyer que será impresso. Logo recebo um feedback so cliente que está gostando do que está vendo, só pediu algumas poucas alterações mas, no conjunto geral, meu primeiro trabalho agrada. UFA! Toma essa, Regininha!



18h06 pm
Fim do expediente. Hora de dar tchau. Saio relativamente cedo porque cheguei cedo, geral só vai picar a mula depois das 19h. Sorry guys, eu FUI!

Assim que saio do escritório eu pego o celular e vejo as mensagens que recebi. O dedo coçou de curiosidade pra fazer isso o dia todo mas me segurei. Se parasse para responder o whatsapp poderia me desconcentrar e não queria ser chamada a atenção logo no meu primeiro dia. Tem mensagem de geral! Enquanto vou andando pelas “ruas” do Downtown Shopping vou lendo as mensagens, começo pela ordem de chegada:

FLOR 12h25 pm: Oi prima! E aí, como está sendo o primeiro dia de trabalho?
EU 6h12 pm: Oi Florzinha, meu primeiro dia foi ótimo! Deu tudo certo graças a Deus 🙏

FABRICIA 12h32 pm: Fala mulher! Diga lá como é o clima na GRID? Tá se dando bem?
EU 6h14 pm: Fala mulher! O clima é ótimo e a galera é show! Tirando umazinha que já pegou implicância comigo mas nem vou me estressar com esse ser. Estou feliz e ninguém baixo-astral vai estragar isso 

JOHNNY 1h11 pm: E aí pessoa, de volta ao mercado de trabalho! Sobreviveu ao primeiro dia?
EU 6h18 pm: E aí, Johnny! Sim, de volta as origens! Sobrevivi sim, e vc como está? Manda notícias, tô com saudades. Vai fazer o que esse FDS?

ALICE 2h10 pm: Oi migah! E aí????? Me conta como foi no job novo???? Bjs, sucesso!!!! :*
EU 6h21 pm: Oi migah! Primeiro dia no job novo foi um sucesso! Mas os detalhes eu te conto pessoalmente. Bora marcar! Como vc tá?

VALENTINA 3h04 pm: Oi Camila, tudo bem? Como estão as coisas por aí? Manda notícias
EU 6h26 pm: Oi Tina, boa noite. Saí da agência agora. Cara graças a Deus foi tudo bem no meu primeiro dia de trabalha, a galera tem uma vibe boa mas aconteceu uma parada que vc não vai acreditar. A outra designer, uma tal de Regina, pegou implicância comigo e sabe pq? Por sua causa! Ou melhor, por causa da campanha #SOMOSTODOSVALENTINA, a mina tá fula pq, segundo ela eu sou uma “star” e “roubei” a vaga que deveria ter sido da prima dela. Uma confusão só! Te conto os detalhes mais tarde, quando chegar em casa. Posso te ligar?

ANTÔNIO/CHOURI 4h31 pm: E aí gata, curtindo o trampo novo?
EU 6h29 pm: Oi Boy Crush! Curti muito o primeiro dia no trampo novo! E vc, como foi o dia?

Chouri responde na hora:
ANTÔNIO/CHOURI: Que bom que curtiu o dia. Tô aqui no bar do meu velho, quer me encontrar pra tomar uma?
EU: Quero! Vamos comemorar! Mas me espera no Vezpa, tô com fome e com zero vontade de chegar em casa e cozinhar. Bora comer uma pizza (emoji de pizza)
ANTÔNIO/CHOURI: BORA!

Acelero o passo e às 6h49 pm eu já estava dentro do vagão do. Tão feliz e animada como estava na parte da manhã mas dessa vez eu não vou cantar Raça Negra, fica pro dia seguinte. Agora é partiu encontrar meu boy crush e comemorar as coisas boa da vida \o/




7h57 pm Música de cena:


Salto na estação Largo do Machado e vou andando até a Rua Bento Lisboa onde Chouri me espera, do lado de fora do Vezpa, já sentado em uma mesinha e bebendo uma Heineken.

Ao me ver se aproximando, ele se levanta.

- Oi! – lhe cumprimento com 1 beijinho na bochecha.
- Oi – ele retribui com um beijo também.

Depois disso nos sentamos e iniciamos o nosso papo.

- Chegou faz muito tempo?
- Não, tem uns 15 minutos, senta aí, quer beber alguma coisa?
- Quero, um suco.
- Suco? – ele estranha – Não quer me acompanhar numa cerveja – fala segurando a garrafa de Heineken.
- Não, valeu, vou de suco mesmo.
- Beleza, garçom! – e Chouri faz um sinal com a mão, chamando o garçom que se aproxima.

Faço meu pedido e, logo em seguindo, eu e Chouri emendamos na conversa.

- Então, como foram as coisas por lá? Gostou do ambiente? O pessoal é maneiro? – pergunta.
- Foi muito bom, sabe? Superou as minhas expectativas!
- Sério?
- Uh Hum! ^^
- Que bom, cara. Fico feliz!
- Só tem uma tipinha que não foi muito com a minha cara. Segundo o pessoal ela tem inveja porque eu apareci na tv ao lado de Valentina e me classifica como uma “star”! Dá pra acreditar?
- Não, não dá – ironiza Chouri enquanto dá outro gole na sua cerveja.
- A garota tem mô estilo Mean Girl, sabe? Tanto que se chama Regina! Olha a ironia do destino.
- Mean Girl?! – ele não entende a referência.
- É, Mean Girl! Meninas Malvadas! Nunca viu esse filme?
- Aaaah... não.
- Como não, Chouri? Isso é um clássico! Geral já viu Meninas Malvadas e não vale dizer que é filme de mulherzinha porque os homens morrem de rir com as cenas! Foi escrito e produzido e estrelado pela Tina Fey, sabia?
- Uuuuh não, não sabia – e ele continua indiferente. A cerveja que bebe lhe parece mais interessante.
- Gente, Lindsay Lohan na sua melhor fase! Como não viu?
- Pois é, não vi.
- Aaah Chouri, você é um inculto. Depois dessa eu cuspia e saia nadando.

E ele quase se engasga com a cerveja.

- Tá bom, depois dessa eu vou pra casa assistir a esse “clássico” no Netflix – fala se levantando da cadeira e ameaçando ir embora.

O seguro pelo braço e o faço ficar.

- Para de besteira, senta aí. Te perdoou por nunca ter assistido a “Meninas Malvadas”.
- Aaah obrigado.

E ele senta de novo na cadeira e não resisto e lhe dou um beijo. Aquele beijo com gosto de Heineken misturado a desejo... porra, esse puto manda bem! Mas temos nossa cena pseudo-romantica interrompida pelo garçon, que chega com o meu suco.

- Aqui, suco de maracujá – diz ele já colocando o copo sob a nossa mesa.
- Aaah obrigada – digo me afastado de Chouri.
- Vão querer comer alguma coisa? – o garçom pergunta.
- Sim, vamos rachar uma pizza. Você topa, Chouri? – pergunto olhando pra ele.
- Topo, claro! – concorda – Quer de que?
- Aaah não sei, dá uma dica aí.
- Porra, aqui eles servem uma pizza sabor Bacon Philadelphia que PUTA QUE PARIU! É muito gostosa! Bora dessa?
- Uuuuh...

- ...Camila ...você quer de Calabresa, não é?
- Pra quê que eu vou dizer que não se é sim?!
- Tá bom, metade Calabresa e metade Bacon Philadelphia, o que acha?
- Acho maraviwonderful!

E assim fazemos o nosso pedido, e a gente se curte um pouquinho, e a gente conversa bastante, e a gente se curte mais um pouquinho, e a gente come toda a pizza quando ela chega, e a gente conversa mais, e a gente se curte um pouquinho mais... é, meu final de noite foi uma delícia. Meu dia foi uma delícia.

OLHO PARA A CÂMERA ENQUANTO CHOURI BEIJA O MEU PESCOÇO E FALO:
- Me julguem, tô feliz.


Rio de Janeiro, Laranjeiras
4 de abril de 2017
7h00 am

O despertador do meu celular toca. É hora de acordar.... aah não, minha cama tá tão gostosa, tão quentinha. EU tenho mesmo de ir trabalhar? Pegar aquele metrô lotado sentido Barra! BARRA! A BARRA É UMA BARRA! Não quero ir! Isso não é justo! Quero minha liberdade de volta.

Resmungo mentalmente enquanto pego o travesseiro e o jogo na cara, afim de abafar a luz do sol que já bate na janela do meu quarto. Como é que pode? A pessoa começou a trabalhar ontem e já está reclamando de tudo hoje!

Mas bora lá, bora lá que a Barra me espera.

Eu gosto de brincar de ser blogueira e aqui eu vou compartilhar com vocês um pouco do meu trabalho como designer e cool hunter. E também vou mostrar as novidades do mundo atípico e como fazer para interagir com esse universo porque... né!

0 comentários:

Postar um comentário

@cacaudossantos
+55 21 9999-31199
Bairro das Laranjeiras, Rio de Janeiro - Brasil

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *