Licor de Cacau

Licor de Cacau - 1ª Temporada - #2 - CURRÍCULO VITAE

07:38Cacau dos Santos

Imagem: Unsplash

(1) Sobre fundo preto surgem, em letras brancas, sucessivamente, as seguintes frases:

AVISO: A história a seguir contém linguagem atípica, palavrões, termos em inglês, muitos pontos de exclamação e referências da cultura pop e, devido ao seu conteúdo, este pode causar crises de risos e nostalgia aos leitores. Todos os personagens e eventos - mesmo aqueles baseados em pessoas reais - são fictícios. Se por ventura você se identificar com algo que foi escrito ou com alguém citado, isso significa que a sua loucura se parece um pouco com a minha e aproveite esse momento de coincidência para me seguir no instagram: @thecacaudossantos

(2) As frases desaparecem em fade e surge título da série seguida da primeira cena

LICOR DE CACAU
EPISÓDIO 2 – CURRÍCULO VITAE
Escrito por: Cacau dos Santos

Rio de Janeiro - Laranjeiras
30 de janeiro de 2017
10h13am

www.facebook.com/groups/vagasparadesigners

David Almeida
30 de janeiro de 2017 às 8:09
Repassando (RJ)
Procuramos designer gráfico para trabalhar na Federação Israel/Brasil Krav Maga. Oferecemos um ambiente desafiador, profissional e estimulante. Carga horária das 9h às 18h, valores e mais informações serão passados na próxima etapa do processo de seleção. Interessados mandar e-mail com currículo para israelbrasilkravmaga@contato.com.br.
38 CURTIDAS
Alfonso G. comentou: David Almeida, você faz o que mesmo nessa empresa? 30 de janeiro de 2017 às 10:31
Carla Souza comentou: jajajaja, eu faço Krav Magá. 30 de janeiro de 2017 às 14:10
Lucas Guimarães comentou: e eu leio mangá :p 30 de janeiro de 2017 às 14:16

"Valores e mais informações serão passados na próxima etapa do processo de seleção", tecla SAP: “Você topa trabalhar MUITO ganhando pouco?”, Não, não topo. NEXT!

José Regino
27 de janeiro de 2017 às 15:10
Pessoal, vaga para o Rio de Janeiro (Recreio)
Spice Desire contrata designer pleno para trabalhar na nossa sex shop. Ele será responsável pela criação e disparo de e-mails marketings e também pela criação de matérias impressos e para as nossas redes sociais. Desejável conhecimento em HTML, MySQL, CSS e Wordpress. Agilidade, comprometimento e falta de pudor para lidar com nossos produtos serão o diferencial para a escolha da contratação.
Carga horária: 9h às 19h
CLT + Salário de R$ 1.500 + vale transporte + VR no valor de R $12
Interessados enviar portfolio para rh@spicedesire.com.br
20 CURTIDAS
Allan Juan comentou: Olha isso Mauricio de Alexandre 27 de janeiro de 2017 às 18:21
Fernando de Alcantâra comentou: ENVIADO ;) 30 de janeiro de 2017 às 9:09

Olha eu não vejo problema em ser designer de uma sex shop, sério mesmo, problema é ser designer de uma sex shop que fica no Recreio! Dá não. NEXT!

Alice Duppret
27 de janeiro de 2017 às 10:02
Botafogo - RJ
Estamos com uma vaga de estagiário(a) em design para integrar nossa equipe de Branding das marcas da SENHOR PIZZA...

Estágio, nem termino de ler a proposta. NEXT!

Rafael Mariano
25 de janeiro de 2017 às 17:19
(VAGA ESTÁGIO - DESIGNER GRÁFICO - BEAUTYBRAZIL)
NÃO MANDA NUDES, MANDA PORTFÓLIO...

Aaaah saco, estágio! Também não termino de ler a proposta, mas que fique claro que achei bem engraçado o lance do NÃO MANDA NUDES, MANDA PORTFÓLIO, admito. NEXT!

Clarice de Jesus
23 de janeiro de 2017 às 11:22
Vaga para Designer Júnior - Centro do RJ
A IceFood é uma empresa de alimentos congelados naturais e está buscando um designer jr. com experiência para fazer parte da nossa equipe.
Perfil: Criativo, pró-ativo e antenado.
Trabalho: Criação e edição de materiais diversos como cartão de visita, flyer, menu para restaurante, embalagem de alimentos congelados, banner e etc)
Requisitos: Formado ou cursando o último ano da faculdade em designer gráfico
Conhecimento necessário:
- Manipulação de imagens (Photoshop)
- Manipulação vetorial (Illustrator)
- Diagramação/Editoração (Indesign)
Carga horária: 8h48/dia
Salário: à combinar
Benefícios: VT | VR
Os interessados devem enviar currículo e portfólio para: admn@icefood.com.br
Lara Lee, Leonidas Silva, James Grande e outras 42 pessoas curtiram isso
Nicole Scheneider comentou: ENVIADO! 23 de janeiro de 2017 às 11:58
Vinícios de Paula comentou: Enviado. 23 de janeiro de 2017 às 16:17
Tereza Batista comentou: Alguém aí já teve alguma resposta dessa vaga? 27 de janeiro de 2017 às 9:47

"Designer JR"...Júnior... Hum, quando vejo esse termo a primeira coisa que me vem na cabeça é isso:


NEXT!

David Almeida (sim, ele de novo, o adm do grupo)
30 de janeiro de 2017 às 8:46
Repassando (DF)
ARTISTA 3D...

AAAAAAAAAAAAAAAAAH CHEGA! DEU! 1, 2, 3, DEU! DEU POR HOJE! Não tenho mais paciência para essas vagas, sério! São fracas demais ou o escritório é longe demais (já trabalhei, 2 vezes, na Barra - numa época em que não tinha metrô - para nunca mais) ou os salários são baixos demais ou exigem demais e pagam de menos ou são "Júniors" demais ou é estágio! Não tem nada, realmente, literalmente, nenhuma vaga que preste e você se vê obrigado a se rebaixar e aceitar essa proposta de estupro. Sim, porque trabalhar desse jeito é um estupro, ou melhor, uma putaria. Lembram do "VINTÃO" do filme Bruna Surfitinha? R$ 10 pra você e R$ 10 pra casa? Então, anúncios de vagas assim eu chamo de VINTÃO pois a sensação que tenho é que me querem como "designer puta" e ainda serei muito mal paga para me “prostituir” dessa maneira. Isso pode soar vulgar mas muitos amigos designers (e não designers) se identificaram e acabaram adotando o termo.

OLHO PARA A CÂMERA E FALO: Então, me "prostituir" por "prostituir" eu prefiro ser autônoma e desde o dia da minha demissão (que foi na sexta-feira passada, o que dá um total de 3 dias e isso, para uma workaholic, é uma eternidade!) que isso vem martelando na minha cabeça: vale mesmo a pena voltar ao mercado de trabalho nesses termos? Ser contratada por uma empresa que eu sei que vai me explorar ao extremo, e aí eu vou voltar a trabalhar feito uma corna, ganhar mal por isso, não ter tempo para a minha vida social, chegar tarde em casa e cansada e ter de preparar a marmita do dia seguinte pois o VR não dura o mês todo, viver estressada por causa das demandas que nunca chegam ao fim e nunca estão a altura do gosto do cliente, brigar com colegas de trabalho porque estou estressada demais para ser legal em tempo integral, ver e conviver com intrigas e picuinhas, odiar meu chefe e falar mal dele pelas costas, tirar o final de semana para descansar + fazer faxina na casa + dar atenção para a Cake + cuidar de mim + responder a todas as mensagens atrasada no whatsapp + botar as séries e filmes em dia e ver meu final de semana passar em um piscar de olhos porque só tenho 2 dias para resolver toda uma vida particular é tenso(!) e por fim voltar a ser uma pessoa infeliz porque não era assim que planejei viver a minha vida depois dos 30!... Não, não vale a pena. Nunca valeu e nem vai valer.

"Mas você disse que é workaholic", workaholic é uma coisa, escrava da hierarquia é outra, mon amour! O que eu não concordo não é nem com o trabalho em si mas sim com as condições precárias que estão sendo oferecidas aos trabalhadores, isso é desumano. Porém é aquilo, as contas que precisam ser pagas não se importam com o meu ponto de vista trabalhistico (gente, essa palavra existe?), por isso eu precisava mesmo arranjar um jeito de conseguir uma renda para arcar com essas contas senão tudo aquilo o que conquistei nos últimos 2 anos ia pelo cano, e isso incluía o apê em Laranjeiras. Imaginem só eu ter de voltar a morar na casa de algum parente?

CRUZ CREDO! Olho para Cake que está deitada a minha frente, de barriga pra cima, numa paz que só os cachorros filhotes conseguem ter. Cake tem a serenidade no olhar de quem nunca vai pagar aluguel na vida. Que inveja da Cake. Enfim, foco Camila, foco. O bom da minha profissão é que eu posso optar por ser autonomia, por mais que isso não pague tão bem de início e captar um cliente em potencial de cara não é trabalho fácil, na verdade captar qualquer cliente, seja ele pequeno, médio ou grande, é complicado. Muita gente subestima o que faço, acham que é tranquilão só porque eu "mexo" no computador e mexer qualquer um faz. Daí cabe a mim explicar a diferença entre designer e sobrinho e porque eu estudei 4 anos para isso e porque criar uma Logo (e não um Logo, Logo vem de Logomarca que é feminino, então é UMA logo, OK? Ok!) não é assim "abrir o photoshop, escolher uma fonte, uma cor e tá pronto". Tem os clientes que entendem e aceitam a minha proposta, tem os que entendem mas não aceitam e tem os que não entendem e não aceitam e contratam o sobrinho assim mesmo e por fim ganham um serviço porcaria, pagam caro por isso e se arrependem de não terem me contratado quando tiveram a chance. Fato. E, na moral, adoro quando o cliente se ferra porque contratou os serviços de um sobrinho, dá vontade de virar pra ele, apontar o dedo na cara e falar "Bem feito! Eu bem que te avisei! Lero Lero"... Ok Camila, FOCO!

Fecho a página do grupo de anúncios de vagas mas não saio totalmente do Facebook, dou aquela última olhada nas notificações e eis que a janelinha de atualizações aparece no canto esquerdo da tela com a seguinte mensagem: "Simone Assis acaba de publicar uma nova postagem no grupo VAGAS ESTÁGIOS E EMPREGOS EM DESIGN NO RIO DE JANEIRO". Penso "Não vou olhar, se acabei de tomar a decisão de seguir como freelancer então não vou olhar... mas vai que a vaga é boa? Vai que esse é diferente? Ou paga bem, pelo menos... não custa nada olhar, se eu sentir firmeza mando meu currículo, caso contrário vida que segue". Então cliquei na postagem e eis que dou de cara com a seguinte proposta:

Simone Assis
30 de janeiro de 2017 às 11:30
Galera, surgiu uma oportunidade aqui na empresa, vaga para designer. Segue informações:
THE JONAS - MARKETING DIGITAL
Se você é daqueles que está sempre por dentro das novidades de todo e qualquer assunto e se você acha que cultura faz sim toda a diferença então é você quem estamos procurando! Venha fazer parte do nosso time! A The Jonas Marketing Digital está buscando um designer pleno para as seguintes funções:
- Criação de peças para redes sociais
- Edição de vídeos.
- Desenvolvimento de identidade visual
- Criação de sites, hot sites e landing pages
Obs: é preciso ter conhecimento em wordpress

O que esperamos desse profissional: os 3 Cs - Curiosidade, Comprometimento e Criatividade

Local: Largo do Machado.

Interessados favor enviar CV (com portfolio) para: vagas@tjmarketingdigital.com.br


...Ok, vamos lá: eu sou uma pessoa que está sempre por dentro das novidades? Eu sou uma pessoa que está sempre por dentro das novidades! Eu acho que cultura faz sim toda a diferença? Eu acho que cultura faz sim toda a diferença! Eu possuo os 3 Cs? Eu possuo os 3 Cs, na verdade possuo os 4 Cs - Curiosidade, Comprometimento, Criatividade e Cacau! HA HÁ!


Tá, essa piada foi péssima, deu câncer, mas o que quero dizer é que me interessei pela vaga e me encaixo nos requisitos, com exceção da edição de vídeos. Isso, na minha opinião, não é serviço de designer, é de motion graphic, assim como mexer em wordpress, que é para web designer. E designer é designer e web designer é web designer. Tico não é o Teco e Pluto e Pateta são cachorros mas Pateta fala e Pluto não, sacou? HÁ DIFERENÇAS E NÃO TENTEM MISTURAR AS COISAS!

Ok que eu mexo no blogspot, no início de minha fase adulta eu tinha um blog e, mexendo aqui, fuçando dali, peguei os macetes dos códigos em HTML. Mas wordpress está fora da minha habilidade, parecem ser a mesma coisa mas esse é para quem manja, no caso, para web designers (lembrem-se: Pluto e Pateta). Mas vale lembrar que hoje em dia o que mais se vê são empresas querendo que o designer arque com mais de 1 função, tô vendo a hora em que vão nos pedir pós graduação em preparo de yakissoba e manjar os paranauês da bolsa de valores.

Enfim, a vaga era boa e chamou a minha atenção, principalmente pela localização - Largo do Machado. Putz, é aqui do lado, posso ir e voltar a pé. Imaginem o quanto de $$ vou economizar e com certeza os caras vão querer me contratar não só porque sou uma ótima profissional mas também porque moro do lado do escritório. Poderia vir almoçar em casa e ver a Cake com mais frequência e final do expediente o happy hour seria na pizzaria Vezpa ou no Bar da Devessa, perfeito!... Sim, a loca já estava fazendo planos para quando fosse contratada sendo que nem o currículo eu havia enviado ainda. Mas quem nunca fez isso, planos mais do que antecipados? Ok Camila, FOCO! Abri o outlook, cliquei em NOVA MENSAGEM, digitei o correio eletrônico da empresa, anexei meu currículo, informei os dados do meu portfolio online (ainda bem que dei aquela atualizada no Behance antes de ser demitida) e enviei minha proposta. Pronto. Agora era só aguardar.

A ideia de ser freelancer continuava na minha cabeça, mas se eu fosse chamada para uma entrevista nessa tal de The Jonas Marketing Digital e gostasse do que fosse ver então eu aceitaria o emprego porque... né.

Depois disso digamos que eu bem que tentei me focar mais nessa questão de emprego e renda fixa e até separei várias referências para criar uma nova página na internet para vender o meu peixe mas já repararam que toda vez que você fica em casa você não consegue se concentrar muito em outras coisas que não sejam tarefas do lar? É uma roupa que surge pra lavar, uma louça que, do nada, acumulou e bate uma vontade de lavar na hora, são compras que precisam ser feitas, roupas no armário que pedem para serem organizadas, fora a Cake que está numa euforia por me ter mais em casa. Ela pede atenção e eu lhe dou essa atenção afinal não comprei a bichinha para ignorá-la. Com isso a maior parte do meu tempo ficou mesmo para a casa e quando dei por mim já era fevereiro! OI? Como assim? Final de semana já tem Bloco de Carnaval e eu nem comprei aquele glitter vegano pra passar na cara!

Pois muito que bem, fevereiro chegou e nada da The Jonas Marketing Digital entrar em contato pra dizer "Queremos você, gata" e eu percebi de que o melhor a se fazer era mesmo seguir com a ideia de ser freela e tava na hora de mostrar ao mundo que eu estava aqui, disponível. Tracei um plano de marketing que consistia no seguinte:
- Colocar no ar, de novo, o meu site (pela plataforma do blogspot). Ele existia já fazia um tempo mas estava no modo invisível;
- Comprar, de novo, o domínio para colocar no meu site (que bom que o cacaudossantos.com continuava disponível);
- Criar e imprimir panfletos para distribuir nas caixas dos correios do meu condomínio e nas pequenas empresas do bairro;
- Ir até o Largo do Machado, Glória, Catete e vizinhos e ir de loja em loja (essas de bairro) para vender meus serviços;
- Entrar em sites de freelas e buscar por serviços.

Objetivo: Conseguir 3 clientes fixos + serviços extras e manter uma renda de, pelo menos R$ 1.500.
Se ser freelancer não der certo, posso tentar criar e vender algo como... sei lá... bolsas... ecobags... ecobags personalizadas...
é, seria uma boa! Ecobagas personalizadas com cultura pop, cinema, tv, teatro... aí cara, vou deixar pra lapidar essa ideia depois, agora deixa eu me concentrar noprimeiro item da lista que é o de colocar meu site no ar.


4 de fevereiro de 2017
6h45am

Entendam uma coisa, ter cachorro filhote em casa é como ter um bebê recém-nascido, ou seja, eles acordam cedo, muito cedo, e você acorda junto. Cake, por exemplo, está de pé todos os dias às 6 em ponto, isso porque estamos no horário de verão, quando terminando ela vai levantar às 5h! O engraçado é que ela não chora, nem late, nem faz malcriação, ela apenas fica parada me olhando fixamente até que eu acorde... e eu acordo porque eu sei que ela está ali, me olhando, e aquilo vai me dando uma sensação estranha, como se a estivesse ignorando... então quando acordo e olho para baixo lá está ela, linda, creloira (creola com loira) e peluda. Como não amar? E o lado bom disso tudo é que, ao acordar cedo, ganho mais tempo para fazer determinadas coisa como atualizar o meu site.

Depois do ritual matinal - prece, alongamento, passar café na cafeteira - eu me sento na frente do notebook, abro o blogspot e mexo nas configurações do layout do meu site. Mexo daqui, mexo ali, dou um gole no meu café, vou de HTML em HTML e de café em café (aí minha gastrite). Paro um pouco, abro o Spotify, coloco na Playlist Feeling Good e sigo com a demanda traçada por mim mesma.



Vamos combinar, a vida sem café e música não é nada.

Agora olha que coisa, mesmo sabendo que eu precisava fazer essa coisa de freela dar certo, eu não estava preocupada como achei que estaria, estava relaxada, de boas... estava feliz! Me dei conta de que quando trabalhava na RJ Produções a sensação era sempre de desconforto, medo, angústia de não fazer um bom serviço mesmo sabendo que era uma boa designer, odiava as fofocas que rolavam nos corredores, a falsa troca de olhares que rolavam entre os funcionários, o olhar frio do meu chefe sobre meus ombros, o clima sempre tenso... eu não gostava da RJ Produções. E só fiz 5 bons amigos lá dentro que incluia o Tavares e o Dennis. Sim, deles eu sentia falta, da nossa zoeira, das trocas de informações, um sempre ajudou o outro e como falei erámos uma pirâmide. Mas fora isso eu não sentia falta da RJ Produções. E não queria voltar a trabalhar em uma outra RJ Produções, trabalhar por conta própria estava sendo muito melhor do que trabalhar com CLT. Fatão!

Minha reflexão é interrompida por um Whatsapp de Fabricia:
FABRICIA: Me Beija que Eu sou Cineasta hoje, bora?
EU: Não vai dar, tô trabalhando no meu site. Quero colocá-lo no ar ainda esse final de semana.
FABRICIA: Praia amanhã então?
EU: Bem que eu queria mas acho que ficarei presa nesse site todo o final de semana. Fica pra próxima.
FABRICIA: Cinema na quarta então? LA LA LAND?!
EU: Já tá no Stremio, pra que vou ver no cinema se posso ver em casa? (Não me julguem, vocês fazem pior, assistem pelo megafilmes.org que eu sei!)
FABRICIA: MOONLIGHT então?
EU: Se sobrar $$ da primeira parcela da rescisão, eu topo. Te confirmo tudo na segunda, pode ser?
FABRICIA: Tá, beleza. Fico aguardando, vou lá que a girl crush tá me esperando, bjs!
EU: Bjs, e Bjs na Thalita.
FABRICIA: Não é a Thalita, não deu certo e ela é passado, tô saindo com outra. Depois te conto. Bjs! E boa sorte aí nesse site, depois me mostra como tá ficando.

Vejam bem, acabei de dispensar um Bloco de Carnaval com minha amiga para ficar em casa trabalhando no meu site, e ela não questionou em nenhum momento, e sabem por que isso? Porque ela também é designer e designers se entendem, se apoiam nessa vida, isso é que amor, BRASEO!

Outro whatsapp interrompe meu momento de reflexão, dessa vez é do Pedro:
PEDRO: Oi
EU: Oi, bom dia ☺(inevitável não lhe mandar um emoji sorrindo)
PEDRO: Bom dia, fazendo o que?
EU: Atualizando meu site, e você?
PEDRO: Nada demais. Precisamos conversar. Vai tá livre quando?

"Precisamos conversar", não gostei disso.

EU: Esse FDS tirei para trabalhar nesse site, dedicação total, mas sabe que tô livre o resto da semana, se quiser passar aqui em casa, pode.
PEDRO: Beleza, vou aí na segunda depois do trabalho, pode ser?
EU: Pode, claro! E traz pizza!
PEDRO: Metade calabresa e metade champignon.
EU: Metade calabresa e metade champion como manda a tradição ^^ Mas tá tudo bem, Pe?
PEDRO: Tá, tá sim. Nos falamos na segunda. Bjs.
EU: Bjs, se cuida!

"Nos falamos na segunda", também não gostei disso.

Me deixou encucada? Me deixou encucada! Vou me prender a essa paranoia? Não vou me prender a essa paranoia, afinal de contas aprendi que paranoias não levam a nada, só a loucura. Se for para me prender que seja a uma série do Netflix! E volto toda a minha atenção a aquilo o que importa no momento - meu site.


6 de fevereiro de 2017
7h32am

O final de semana passou que eu não vi, assim como a última semana de janeiro e, de repente, já era segunda. Em outras épocas eu estaria correndo para me arrumar e travando uma luta contra o calor e o suor para manter minha base MAC na cara e seguir para a RJ Produções mas agora eu tava de boas, deitada na cama, olhando para o chão e vendo a Cake brincando e tentando morder suas próprias patinhas. Gente isso é terapêutico, juro! Não tem nada demais mais relaxa legal vê-la descobrindo que tem patas e que pode brincar com elas! Depois de um tempo pego o celular debaixo do travesseiro e olho para a hora, vai começar o Bom Dia Brasil e gosto de ver as primeiras notícias do dia. Me levanto, faço o ritual matinal e depois sigo para a sala onde ligo a TV e já acompanho as notícias. Cabral ainda tá preso, Temer ainda é presidente, mudaram o método do Ensino Médio, mais assaltos, mais manifestações, mais desordem na cidade, quer dizer, tudo está normal do Rio (que horror, o normal agora é a bagunça), e eu ali, de boas, sentada no sofá vendo a vida ser transmitida pela TV quando meu celular toca. Segundo o Who´s Call, o aplicativo de identificação de chamadas que você respeita, a ligação é de uma agência chamada... THE JONAS MARKETING DIGITAL... PUTA QUE PARIU PEPÊ PEOU PÉ DE PATO MANGALÔ TREIS VEIS MARIA CONCEBIDA SEM PECADO! Dou um pulo, respiro fundo e atendo a ligação já no quarto toque e tento parece o mais calma e prospera possível:
- Alô?
- Alô, bom dia.
- Bom dia.
- Eu poderia falar com Cacau dos Santos?
- É ela.
- Olá Cacau, bom dia, meu nome é Mirella e eu falo da THE JONAS Marketing Digital, tudo bem?
- Aaah oi, tudo bem sim!
- Que bom, Cacau nós recebemos o seu currículo para a vaga de designer - Sim, assino meu currículo como Cacau e poucos me conhecem como Camila - e ficamos muito interessados. Tem como você vir aqui ainda hoje para uma entrevista?
- Hoje? - Caramba, hoje! Assim em cima da hora? - Claro, sem problemas! - Tipo, todos os problemas mas você nunca diz uma coisa dessas.
- Perfeitos, pode ser às 16h?
- Claro, 16h tá ótimo pra mim.
- Você tem o nosso endereço, certo?
- Tenho sim, Mirella, vi no Google Maps quando li anuncio de vocês - Isso mostra interesse e mostra credibilidade - e fica muito perto da minha casa, consigo chegar aí sem problemas - Isso já mostra que estou mesmo interessada e já me informei a respeito e aí ela vai super me respeitar mais por conta do meu interesse.
- Ótimo Cacau, então aguardo você hoje às 16h. Beijos e até mais tarde.
- Beijos Mirella, e obrigada pelo interesse.

Encerro a ligação e não posso evitar o sorriso bobo na face, por mais que esteja foda conseguir um emprego você fica mesmo muito feliz quando te ligam para marcar uma entrevista e volta a se sentir um profissional importante e de respeito. Pego Cake no colo e comemoro:
- Cake, mamãe foi chamada para uma entrevista! AAAAAAH!

Agora vamos ao esquema - roupa, cabelo, esmalte, maquiagem e horários:
O que vestir? Que tal aquele vestido longo com estampa de flores que você comprou na última feirinha?... Não, é floral demais, quero passar um ar mais sofisticado e menos delicado campestre. Tá quente pra caralho mas bora daquela calça jeans levanta-bunda-sou-gostosa-mas-não-sou-piranha feat blusa branca de seda de corte reto e sandálias de tiras grossas com salto alto grosso da moda... é, assim tá melhor.

Cabelo? Valoriza teu black, mona, mas joga tudo para o lado e prende com aquele pregador dourado com design de triângulo que você comprou no calor da emoção quando esteve na Beauty Box... aaah vai, ele é lindo e valoriza meus cabelos em transição capilar.

Esmalte? Nude terra Risqué, tá na moda, é tendência e não é uma cor vulgar. Vou nesse.

Maquiagem? No melhor estilo parece-que-não-estou-usando-nada-mas-aqui-tem-Blur-Mágico-BB-Cream-Base-Pó-Compacto-Rímel-Hidratante-Labial-e-batom-Matte-Nude porque não vim a esse mundo a brincadeira!

Horários? A entrevista é às 16h, saio de casa às 14h45 e vou andando até o Largo do Machado. Chego lá pelas 15h15 o que me dá tempo de respirar, reaplicar o pó compacto que já vai estar saindo por causa do suor, bebo uma água e entro na galeria onde fica a agência dos caras. Às 15h30 em ponto eu toco a campainha e me apresento, e fico esperando lá dentro até ser atendida pela Mirella. Chegar meia hora antes do combinado vai me dar prestigio.

E pronto, missão entrevista concluída com sucesso!

Me empolguei tanto que tinha me esquecido até do meu site e dos planos traçados para seguir como freela. Acessei o painel de configurações e mais uma vez o coloquei no modo invisível. Deixa assim como está, por fim vou ser contratada mesmo.

Mando um whatsapp para o Pedro e lhe conto da novidade, mas deixo claro que nosso encontro de mais tarde tá de pé e que se não me aparecer com a pizza que pedi não vai rolar conversa alguma! Não que a pizza seja mais importante que ele mas comida merece ser prioridade em situações como essa.

14h45 E eu já estava vestida, maquiada, perfumada e pronta para sair de casa. 15h15 e eu já estava no Largo do Machado, como o planejado. 15h29 eu já estava diante da porta do escritório da THE JONAS Marketing Digital e às 15h30 eu toquei a campainha e fui atendida por Muriel, uma senhora de quase 40 anos que era a secretária do local. Um doce de pessoa, bem tiazinha mesmo, me ofereceu café, chá, biscoito Mirabel, uma revista Marie Claire de 2012 pra ler, mas me contentei somente com o bom e velho copo d´agua cordial. Sentei no sofá de couro branco que ficava na entrada da empresa e aguardei ser chamada. É nessas horas que você começa a reparar no ambiente e se imagina no dia a dia ali. O ar condicionado gela até a alma, ótimo, não sentirei calor e a maquiagem vai se manter intacta. Todas as paredes são branco gelo, o que mostra que eles gostam do ambiente sempre limpo e em ordem. Gosto disso. Há 2 vasos de plantas fake que servem para dar uma quebrada no ambiente todo claro e sério e Muriel fica atrás daquela bancada própria de recepção, atendendo ligações, mexendo no computador (bem vi a aba do Face aberta, hein!) e vendo o movimento pela tv de segurança. E na rádio da empresa tá tocando Kenny G. Bem música de sala de espera mesmo. Que horror, coisa brega e Kenny G lembra meu pai... FOCO, CACAU!

15h55 Falta 5 minutos para a entrevista. Coração já começa bater forte mas me controlo. A revista Marie Claire de 2012 me ajuda a distrair a mente. Distrai tanto que, quando dei por conta, já eram 16h18. Gente cadê Mirella? Esqueceu de mim, foi?

16h34 E nada ainda. A mulher tá atrasada. Muriel também percebe a demora e tenta amenizar a situação:
- Eles estão em reunião com um cliente, deveriam ter terminado às 15h30 mas parece que a coisa rendeu.

- É, acontece, hehe. - Digo com um sorriso meio sem graça na cara. 16h36 e nada de nada e eu já estou começando a ficar impaciente. Impaciente não, puta da vida! Se a pessoa não tem comprometimento com uma simples entrevista de emprego, imagina com a sua contratação? Já analiso por aí.

16h49 E eu já estava a um passo de me levantar e ir embora quando Mirella aparece, com seus cabelos longos e cor de mel que mais parecem ter saído de um comercial de ampola Pantene. Fico até meio intimidade com aquela beleza toda sendo esfregada na minha face.

- Cacau, me desculpa, eu estava numa reunião e surgiu uma questão muito importante a qual tive de resolver, você me entende, não é mesmo?
- Claro que entendo, Mirella. Que isso. - Mentira, entendo porra nenhuma mas faço a bela, recatada e do lar.
- Prazer!
- Prazer!

E nos cumprimentamos com aqueles clássicos 2 beijinhos na bochecha. Ela então me conduz até a sua sala que fica no final do corredor e lá nos espera um homem que está segurando meu currículo impresso. Outro espécime de cabelo cor de mel tratado na ampola Pantene, e um sorriso de quem vai no dentista regularmente todo mês. Eu admito, o gajo é charmoso! E logo percebo que ele e Mirella devem ter algum parentesco ou são aquele tipo de casal que se parecem tanto que acabam se tornando "gêmeos".

- Olá Cacau, prazer, meu nome é Marcos, sou irmão e sócio da Mirella - Fala ele se levantando e me cumprimentado. Viram, eu falei, parentes de cabelo cor de mel.
- Olá Marcos, muito prazer. - Esse "muito" pegou mal, né? Como quem diz "e aí, cê é solteiro?", agora já foi!
- Nós somos os irmãos Jonas, mas não somos a banda! HAHAHAHAHA! - Diz Mirella fazendo uma piada que faz com que eu e Marcos começamos a rir.

Aaaah tá, THE JONAS são Mirella e Marcos. Mirella Jonas e Marcos Jonas! Faz sentido... mas que nome brega! E sim, é inevitável não lembrar da banda.

- Sente-se, por favor. - Pede Mirella se sentando a minha frente. Jonas fica entre nós, numa mesa redonda.
- Então Cacau, gostamos muito do seu currículo. - Avisa ele.
- Que bom que gostaram, fico feliz com isso. - Respondo com aquele sorriso estúpido já estampado no rosto.
- Vimos que você tem muitas referências e até pouco tempo estava trabalhando na RJ Produções, o que houve? Por que saiu de lá? - Pergunta Mirella
- Na verdade eu fui demita por questões financeiras.
- Entendo, não está sendo fácil pra ninguém...
- É, essa crise... - responde Marcos levantando a sobrancelha e fazendo careca enquanto olha para a irmã.
- Vimos também que você se formou em 2015 mas tem nível técnico e cursou web design na Microcamp, você consegue criar a plataforma de um site? Está familiarizada com o wordpress?
- Na verdade eu trabalho com o blogspot, mexi muito pouco em wordpress mas se fosse o caso de trabalhar com ele eu não vejo problema em tirar uns dias e estudar a linguagem de programação.
- Entendo, porque estamos sofrendo para encontrar alguém que saiba wordpress, o que acontece...

E Mirella explicou que eles estavam fechando com um grande cliente e este pediu que a empresa criasse um site para a sua marca, além de cuidar de toda a divulgação e atualização de suas redes sociais e também havia chamadas a serem feitas que iriam circular no MoviBus, aquela TV interativa que fica nos ônibus que circulam na zona sul e zona norte, e também haveria a editção de vídeos para um canal no youtube. Ou seja, era um trabalho grande, grande não, enorme, gigantesco! E a demanda desse único cliente era algo surreal! Site + redes sociais (facebook, instagram, twitter e snapchat) + material impresso (anúncios de jornais, revistas e até naquele saco de pão personalizado que circula nas padarias de copacabana) + vinhetas de 15 segundos para o MoviBus + edição de até 20 vídeos por mês. UFA!

- UAU! Que coisa! Então vocês estão montando uma equipe para atender a todas essas necessidades desse cliente? - Pergunto eu.
- Equipe, como assim equipe? - Estranha Mirella.
- É, uma equipe para cuidar de tudo isso aí!
- Aaah não, Cacau, não será uma equipe, será só 1 designer responsável, no caso você se aceitar fazer parte da nossa equipe.
- ...

Momento TELA AZUL DO WINDOWS.


É isso mesmo o que ouvi direito? Ela acabou de dizer que eu, sozinha, vou ter de cuidar de uma demanda que deveria ser dividida para uma equipe? Que eu vou ter de ser designer + web designer + geradora de conteúdos digitais + motion graphic! 4 em u1! Que eu vou ter de sentar nesse abacaxi com casca, coroa e tudo?! Não, ela não disse isso, devo ter escutado errado.

- Nós sabemos que é muita coisa a ser feita mas pense na importância que é ter esse cliente no seu portfolio - explica Marcos, que percebe meu olhar de espanto e tenta suavizar a situação - pense que você vai ser reconhecida como a profissional que cuidou de toda essa campanha. Vai ser muito bom para o seu reconhecimento no mercado e até para que, no futuro, você consiga outros contatos, seja conosco ou em outra empresa.
- Sim, uma coisa dessas lhe dá nome ;) - explica Mirella me dando uma rápida piscada.
- Tá, mas...e quanto ao salário? Quantos vocês estão dispostos a pagar por tudo isso? - Pergunto na lata.
- Bom, nós sabemos que é uma demanda muito bruta mas entenda que nosso limite para pagamento é de R$ 1.500, mas você vai ganhar VR e Vale Transporte. Se bem, que você mora aqui perto, pode vir à pé, né?
- Não queridinha, eu NÃO POSSO VIR À PÉ! VOCÊ SÓ PODE ESTAR DE DEBOCHE COM A MINHA CARA! - respondo elevando meu tom de voz.

Fudeo, perdi a compostura. Não vou falar da exploração e hierarquia, não vou falar da exploração e hierarquia, não vou falar da exploração e hierarquia... VOU falar da exploração e hierarquia!

- COMO É QUE VOCÊS TEM A PACHORRA, A AUDÁCIA DE ME CHAMAREM PARA UMA ENTREVISTA, ME FAZEREM ESPERA POR MAIS DE 1 HORA, ok que o ar condicionado tava uma delícia, MAS MESMO ASSIM FORAM MAIS DE 1 HORA ESPERANDO PRA NO FIM ME DIZEREM NA MAIOR CARA DURA QUE EU VOU TER DE CHUPAR ESSE CANAVIAL DE ROLA E EM TROCA VOCÊS VÃO ME PAGAR COM FARELO DE PÃO MOFADO!

- A gente entende que é muita coisa mas, como falamos, isso vai ser ótimo para atualizar seu portfolio! - Explica Marcos ainda tentando apaziguar a situação.
- MEU PORTFOLIO JÁ TÁ ATUALIZADO! VOCÊ NÃO VIU, NÃO, Ô SUA BESTA?!
- Cacau não é pra tanto! - Defende Mirella.
- É PRA TANTO SIM! É PRA TANTO E MAIS UM POUCO! Como é que vocês conseguem fazer isso? Explorar as pessoas desse jeito achando que se trata da coisa mais normal do mundo? Não somos escravos e nem robôs, somos seres humanos! E se querem um trabalho bem feito, DIABOS, contratem a porra de uma equipe classificada e não joguem tudo nas costas de um pobre coitado que precisa pagar suas contas e acaba aceitando ser explorado ao extremo! Isso não se faz! Essa ganancia toda, além de destruir com o funcionário, destrói vocês também que nunca vão conseguir entregar um trabalho de qualidade para seus clientes, se bem que vocês tão pouco de fodendo pra isso, só pensam em dinheiro. São movidos pelo Deus do dinheiro! Querem saber, passar bem.

E com o pouco de classe que me resta eu me levanto e sigo em direção à porta. Mas antes de sair ainda escuto Mirella falar: - Você sabe que somos uma empresa grande, não é mesmo? Que poderíamos lhe passar a conta de marcas como Coca-Cola, Renner, Subway e afins, e que você acabou de jogar fora uma oportunidade única.

Aaaah não, AAAAAH NÃO, ELA TÁ QUERENDO MAIS BRIGA!

- Flor, metade das agências do Rio de Janeiro têm como cliente a Coca-Cola, já ouvi essa história muitas vezes. E se, veja bem, SE vocês atendessem essas grandes marcas que acabou de citar então vocês não estariam contratando somente 1 designer para lidar com tudo isso e nem oferecendo esse dinheiro de pinga como salário, e nem teriam na entrada do escritório uma Marie Claire de 2012, teriam uma Glamour de janeiro de 2017 com Sabrina Sato na capa dizendo quais são as últimas tendências de esmaltes dessa estação. Vocês não são uma empresa séria e eu não vou ficar perdendo meu tempo, talento e qualidades de designer com pessoas como vocês. Mas agradeço por terem me chamado aqui pois fizeram com que eu finalmente percebesse que o melhor a se fazer é abrir meu próprio negócio. Então obrigada por isso.
- Eu vou fazer questão de te queimar na praça! - Ameaça Mirella.
- E EU VOU FAZER QUESTÃO DE TE EXPOR NO FACE! - Retruco de volta.
- SAIA JÁ DAQUI! - GRITA ELA.
- Com todo o prazer... Aaah, e Marcos, se nada der certo, vire garoto propaganda da ampola Pantene. Parabéns pelo seu cabelo.

E assim saí da THE JONAS (não a banda) para nunca mais voltar.

Voltei pra casa à pé mesmo, bufando de raiva por ter acreditado que aquilo seria uma boa oportunidade pra mim, mas também pulando de alegria pois pela primeira vez tive culhão de dizer o que pensava na cara de alguém que me faz uma proposta porcaria dessas. E pensar que o mercado tá cheio de líderes bostas como esses dois... enfim, já foi e agora, mais do que nunca, estou determinada a seguir como freelancer! Pego o celular na bolsa para ver a hora e tomo um susto, já são 18h30! Droga, o Pedro já saiu do trabalho e daqui a pouco chega na minha casa. Aperto o passo e entro no meu apê feito um raio! Coloco uma garrafa de vinho tinto pra gelar, dou aquela varrida express no chão da sala, troco a água e ração da Cake, tomo um banho de gato e tudo está devidamente pronto antes das 19h15. Incrível como uma mulher faz milagres em tão pouco tempo. E às 19h20 Pedro já está batendo na minha porta. Olho pelo olho mágico e o vejo segurando uma caixa de pizza, muito bem, não esqueceu da comida. Abro a porta e o recebo com um sonoro:
- Metade calabresa e metade champignon, assim espero.
- Como manda a tradição.
- Oi Pe!
- Oi Camila.
E nos abraçamos fortemente.

- Entra, tava te esperando. Tá tudo bem? – Pergunto enquanto tomo a caixa de pizza de suas mãos e a coloco na bancada da cozinha.
- Tá tudo bem sim, e com você?
- Tudo... na medida do possível!
- Como foi a entrevista?
- Aaaaaah não queira saber! Você não sabe da maior...

Sentamos no meu sofá azul florido e começo a tagarelar sobre o ocorrido. Pedro ri, ele se diverte com o meu jeito espevitada, e depois de lhe contar, com a riqueza de detalhes, o ocorrido na The Jonas Marketing Digital, finalmente faço a pergunta de 1 milhão de dólares:
- Então Pe, o que é que tinha para me contar de tão importante?
- Então Camila... – E ele respira fundo - ...é o seguinte...
- Aaaah espera, deixa eu pegar a garrafa de vinho, precisamos beber, assuntos sérios pedem um gole de Dom Bosco! – brinco.

Dou um pulo serelepe do sofá, abro a geladeira e tiro a garrafa de vinho do congelador. Corro para o balcão da cozinha e pego o abrir e duas taças. As encho e entrego uma delas à Pedro, que está com uma expressão bem séria.

- Vinho vai nos alegrar, uma dose pra mim e outra pra você – Digo tentando soar o mais calma possível quando, na verdade, estava nervosa e minha interrupção era uma desculpa para prolongar uma revelação que tinha medo que fosse grave – Agora fala, o que você tem de tão importante para me contar.
- Camila... eu tô voltando pra Juiz de Fora.

Ok, acho que vou precisar de mais do que uma dose de vinho essa noite.


You Might Also Like

0 comentários

♥ Cacau dos Santos ♥

©2015-2017 - Todos os direitos reservados.
Todas as imagens de filmes, séries e etc são marcas registradas dos seus respectivos proprietários.

Sobre o blog

Trabalho com conteúdo 100% autoral onde dou dicas culturais e compartilho informações de determinados produtos atípicos, além de mostrar alguns dos meus projetos como o #LicorDeCacauASérie. Quem quiser entrar em contato é só mandar um e-mail para oi@cacaudossantos.com

Formulário de contato